MENU

Jornalista que cometeu gafe ao vivo é demitida da GloboNews

Carla Lopes foi desligada da empresa nesta quarta-feira (15). Emissora negou crise entre funcionários e demissões em massa

fonte: Terra.com

Atualizado: Quinta-feira, 16 Outubro de 2014 as 3:05

A GloboNews resolveu demitir a apresentadora Carla Lopes, que protagonizou uma das grandes gafes do jornalismo brasileiro em 2014. Em contato com o Terra , a assessoria do canal confirmou a informação, porém não revelou o motivo do desligamento.

O departamento de comunicação da Globo no Rio de Janeiro também negou a notícia de que o canal de notícias da emissora estaria passando por uma crise, com demissões em massa e clima ruim entre funcionários, afirmando, inclusive, que a empresa está contratando novos profissionais. "Nenhum salário foi reduzido. Ao contrário, houve um aumento no quadro de jornalistas. Acabamos de abrir oito vagas na GloboNews", afirmou o departamento de comunicação.

No dia 27 de setembro, Carla chamou a repórter Fernanda Galvão, em Brasília, para apresentar a agenda dos candidatos no primeiro turno da corrida presidencial. Fernanda, no entanto, contou somente a agenda da então candidata Marina Silva, "esquecendo" de Aécio e Dilma.

Carla chegou a se despedir da companheira, mas voltou atrás e pediu que ela falasse sobre os compromissos dos outros candidatos. A repórter, então, perdeu o controle e se irritou. "Você não me avisou, amor", disse ela, com cara de poucos amigos, como se estivesse fora do ar.

Claramente constrangida, Carla tentou contornar a situação, que acabou viralizando na internet. Carla Lopes é a segunda apresentadora a deixar a GloboNews em outubro. Mariana Godoy, que trabalhou pela Globo durante 23 anos e apresentava no Jornal das Dez no canal de notícias da emissora, sairá da empresa ao final de seu contrato, que vai até novembro. A jornalista pediu o desligamento por conta da distância de sua família. Mariana estava morando no Rio há 3 anos.

veja também