Beijar ou não beijar: eis a questão

Se você decidir começar a beijar, pense cuidadosamente em seus novos limites.

fonte: Guiame, com informações de Ignite Your Faith

Atualizado: Quinta-feira, 1 Dezembro de 2016 as 5:21

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

No início, eu e minha namorada decidimos não nos beijar. Já se passaram três meses e estamos com vontade de dar um beijo. Existe alguma motivo para esperar um pouco mais? Quando devemos dar esse passo?

Você e sua namorada tem mostrado grande sabedoria e maturidade até aqui. Não necessariamente porque você não se beijaram, mas porque vocês tomaram uma decisão sobre os limites no início de seu relacionamento.

Algumas pessoas que lêem isso podem pensar que vocês estão exagerando. Alguns de seus amigos podem pensar a mesma coisa. Mas suas razões para querer beijar podem ser as mesmas de muitos casais que decidem ter relações sexuais. Eles não podem suportar a tensão da espera. Eles querem se sentir mais perto.

Então, você precisa usar alguns critérios antes de fazer qualquer mudança. Primeiro de tudo, pense no motivo que fez vocês decidirem não beijar. O que foi vocês quiseram proteger? O que vocês estavam esperando? O que o beijo vai adicionar ao seu relacionamento? O que ele vai tirar?

Se você decidir começar a beijar, eu quero que você pense cuidadosamente em seu novo limite. Use a mesma maturidade e sabedoria com a qual você tomou a primeira decisão. Aqui estão algumas sugestões: se você decidir beijar, que eles sejam breves. Não fiquem deitados juntos. Passem tempo orando e pedindo força a Deus para tomar uma boa decisão.

Fale com o seu líder de jovens ou com seus pais. Mantenha decisões inteligentes, baseadas pela oração.

Carla Barnhill

veja também