10 passos para acabar com um Grupo de Jovens

Se você quer ver o seu grupo de jovens se desfazer por completo, siga estes conselhos.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 24 Junho de 2014 as 4:35

10 passos para acabar com um Grupo de Jovens1. Pare de orar.
Se você está definitivamente morto, diminuindo o seu grupo, em seguida, recusa-se a interceder pelos jovens / adolescentes do seu grupo e da comunidade. Afinal, é Deus quem produz o crescimento (1 Coríntios 3:6). Pare de falar com Ele e o grupo vai diminuir com certeza (em todas as formas erradas).

2. Recuse-se a investir em importantes líderes estudantis.
É isso mesmo! Concentre seus esforços nos grupos de jovens frequentadores ocasionais e seus principais líderes estudantis em breve partirão, frustrados por sua falta de envolvimento. Logo depois, o resto do grupo de jovens vai seguir o exemplo. Afinal, eles são chamados de líderes estudantis por uma razão. Eles podem levar mais adolescentes para dentro ou fora do seu grupo de jovens, dependendo de quão bem você investir neles.

3. Dependa de uma sala de jovens climatizada, com jogos divertidos.
Eu sei que soa absurdo, mas pense nisso desta maneira, os adolescentes de hoje não são facilmente impressionados. O XBox 360 não vai impressiona-los, porque eles provavelmente já têm um em casa (e o deles é mais provável que esteja em melhor condição de funcionamento). E mesmo que você tenha o espaço mais legal da juventude na cidade, ainda não pode competir com o "Dave and Busters" [Bar / Restaurante com jogos esportivos, videogames, fliperamas]. Então se você está de acordo com a mentalidade "se você construir, eles virão (e continuam chegando)" quando se trata de atrair e manter os adolescentes, cairá em uma decepção. Mas se você está disposto a perder jovens / adolescentes do grupo, vá em frente!

4. Nunca inspirar seus filhos adolescentes sobre urgência do evangelho.
Uma vez que seus filhos adolescentes estão motivados para evangelizar seus amigos, ao longo do jogo, o grupo de jovens vai começar a crescer. Mantê-los míopes, egocêntricos e com foco distorcido. Isto irá assegurar que seus corações não sejam tocados em relação aos seus amigos não-alcançados que precisam tão desesperadamente da esperança de Cristo.

5. Recuse-se a equipa-los para evangelizar.
Se algum deles for motivado a compartilhar a boa nova não se esqueça de nunca, em hipótese alguma, equipa-los e ensina-lo sobre como realmente fazê-lo - incluindo baixar aplicativo "Dare 2 Share" ["Desafie para Compartilhar"]. Se eles realmente entenderem como trazer Jesus ao círculo, explique a história do evangelho e convide outras pessoas para participar da "festa"... eles podem realmente começar a fazê-lo. E isso não leva a nada, além do crescimento.

6. Faça suas reuniões de grupo de jovens puramente teológicos.
Agora, não me interpretem mal, os adolescentes podem desfrutar de teologia. Se ensinado corretamente, eles podem realmente se reunirem com um líder. Assim, a chave aqui é para ter certeza que o conhecimento teórico é de verdade e não a aplicação prática do mesmo. Não o abra para o debate ou o diálogo. Apenas ensine-o como um professor de seminário de 80 anos, ultrapassado e seu grupo de jovens vai encolher como calças de lã em um secador quente.

7. Seja mediano
De acordo com o falecido Mike Yaconelli, a média de líderes da juventude tem menos idosos do que juniores, menos juniores do que os alunos do segundo ano e menos alunos do segundo ano do que calouros. Se isto é verdade, qualquer que seja o líder mediano da juventude, está fazendo trabalhos muito bons quando se trata de reduzir um grupo de jovens.

8. Recuse-se a amar esses adolescentes com o amor de Cristo.
Muitos adolescentes sentem-se hoje isolados e sozinhos. Então, se você os ama verdadeiramente, do fundo do coração, com o amor de Cristo, eles virão reunidos a você. Por quê? Porque eles estão vivendo em um mundo guiado pelo "eu te amo, se" e estão constantemente sentindo a pressão para se destacarem e superar seus desempenhos. Quando se deparam com um líder de jovens que os ama, não importa se pode ou não ajuda-los, mas eles estarão em torno do grupo de jovens como abelhas em torno de flores.

9. Não dê a eles uma causa pela qual vale a pena viver.
Dê a adolescentes uma causa e eles podem olhar para o seu grupo de jovens como um lugar de encontro para missão consciente e realmente aparecerão para se envolverem. Adolescentes amam causas e nós, como crentes, temos a causa final: a causa do próprio Cristo... de fazer discípulos por todas as nações. Se você enquadrar a divulgação das boas novas de Jesus como uma causa e engajar os adolescentes para alcançar o seu mundo e o mundo lá fora com o evangelho, então o seu grupo de jovens vai crescer.

Recuse-se a envolve-los na causa de Cristo e, mais cedo ou mais tarde, eles vão encontrar uma causa de seus próprios ideais para investir.

10. Não recrute piedosos, adultos voluntários.
Confie em sua própria personalidade magnética para construir o grupo de jovens. Recuse-se a recrutar homens e mulheres que amam a Jesus e aos adolescentes para investir em vidas de jovens ao seu lado. Se você faz tudo a seu respeito, no mínimo, haverá um teto para o crescimento do grupo de jovens. Mas se começar a levar a passagem de Tito 2:1-8 a sério por ter homens mais velhos investindo em homens mais jovens e mulheres mais velhas investindo em mulheres mais jovens, você pode apenas ter uma explosão de crescimento (tanto espiritual como numericamente) em suas mãos.

E quem quer isso?

Por Greg Stier - fundador e presidente do Ministério "Dare 2 Share" ["Desafie para Compartilhar"]. Ele tem impactado a vida de dezenas de milhares de adolescentes cristãos através das ações de seu projeto, motivando e mobilizando-os para alcançar a sua geração para Cristo. Ele é o autor de onze livros e inúmeros recursos, como "Dare 2 Share: Um Guia de Campo para compartilhar sua fé".

Artigo publicado originalmente no Christian Post

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também