50 motivos pelas quais eu não bebo

Jamie Morgan, pastor da Assembléia de Deus nos Estados Unidos, lista os motivos pelos quais é possível entender que beber não é o melhor de Deus para os cristãos.

fonte: Guiame, Jamie Morgan

Atualizado: Terça-feira, 5 Janeiro de 2016 as 4:55

Eu sou um cristão e eu não bebo. Eu também sou um pastor e ex-alcoólatra. Eu preciso andar com este "termo de responsabilidade" bem na minha frente. Embora isso me faça tendencioso, meu passado também me faz um especialista sobre este tema.

Alguns dos piores momentos da minha vida aconteceram sob a influência do álcool, e como um pastor, alguns dos piores momentos que eu testemunhei na vida de outras pessoas também aconteceram por causa do álcool. Então, é tarde demais para você me dizer que a melhor coisa para um cristão se fazer é beber.

Eu parei de beber quando eu me tornei um cristão há 26 anos. Ninguém disse para eu me abster. Eu só sabia que seria contraditório e auto-destrutivo para o meu relacionamento com Cristo. Eu tinha entregue minha vida para seguir a Jesus e nada iria dificultar minha caminhada.

Este artigo não é uma defesa teológica sobre o tema "cristãos e álcool", mas é um apelo sincero. Eu, humildemente, peço para que você deixe qualquer argumento pró-álcool ou pró-luta-pelo-meu-direito-de-beber de lado e considere esta lista em espírito de oração.

50 razões pelas quais eu não bebo:

1. Eu não posso ser sóbrio, se não estou sóbrio.

2. O álcool tem uma missão: a destruição.

3. O álcool é um depressor. Qualquer coisa que deprime deve ser evitada a todo custo.

4. Eu não quero fazer o meu irmão ou irmã tropeçar em nome de exercer minhas "liberdades cristãs". Minha escolha para beber pode levar a morte de alguém.

5. O álcool distorce o meu juízo.

6. O álcool me deixa pior, não melhor.

7. O que eu faço com moderação, meus filhos vão fazer em excesso.

8. Mesmo os "não-salvos" sabem que não deveriam beber. A Bíblia em uma das mãos, e a cerveja na outra — qualquer pessoa poderia apontar isso como uma contradição desconcertante.

9. O álcool não traz as outras pessoas para mais perto do Senhor quando me virem bebendo, apenas mais longe.

10. O álcool não me traz para mais perto do Senhor quando eu bebo, apenas mais longe.

11. Eu quero estar totalmente despertado e pronto para a volta de Cristo, e não sonolento, lento e distorcido.

12. Me mostre uma família onde o álcool tenha feito uma diferença positiva em suas vidas. Você não será capaz de fazer isso.

13. Eu nunca ouvi ninguém dizer: "Uau, essa bebida fez eu me sentir tão semelhante a Cristo!"

14. Eu quero evitar todas as aparências do mal.

15. O álcool faz com que seja muito mais difícil para praticar o fruto do auto-controle.

16. O álcool faz com que eu perca o meu filtro.

17. O álcool altera a minha mente, já que é uma droga legal.

18. O álcool é viciante.

19. O álcool é um agente anestésico para a dor e a tristeza que só Jesus pode curar.


A Bíblia em uma das mãos, e a cerveja na outra — uma contradição desconcertante. (Foto: Reprodução) 

20. Muitos arrependimentos estão associados com o álcool.

21. Ninguém jamais disse: "Se ao menos eu tivesse tomado uma bebida, as coisas não teriam chegado fora de controle."

22. O álcool me faz ter atitudes que eu normalmente não teria.

23. O álcool mata as células cerebrais.

24. O álcool é uma falsificação, e fornece uma falsa paz.

25. A Bíblia diz que os bêbados entrarão no reino de Deus. Estar bêbado começa com uma bebida. Eu não quero ver o quão fora das linhas eu posso colorir quando a eternidade está em jogo.

26. O álcool é um fator de desperdício - de dinheiro, talentos, destinos, etc.

27. O álcool leva a um comportamento muito ruim. É um fator em 50% dos crimes violentos.

28. Álcool distrai e impede de viver a vida vitoriosa pela qual Cristo morreu.

29. A sabedoria é a principal coisa que eu preciso para prosseguir; o álcool me torna estúpido.

30. O álcool tem arruinado muitos, mas muitos casamentos.

31. A única influência que eu deveria ter é Deus.

32. A Bíblia me diz para estar alerta; o álcool retarda o meu tempo de reação.

33. Se eu não começar a beber, eu nunca vou ter que parar.

34. O álcool prejudica gravemente o meu testemunho.

35. Não quer que os seus filhos adolescentes bebam? Sim, pelas mesmas razões que se aplicam a você.

36. Deus é santo; o álcool não é.

37. Álcool e oração não se misturam.

38. Álcool e estudo da Bíblia não se misturam.

39. O álcool reduz a minha determinação para resistir à tentação.

40. Álcool = Destruição (Vidas quebradas, saúde, sonhos, etc.)

41. Quando o mundo nos vê bebendo, nós enviamos a mensagem de que Jesus não é suficiente.

42. Seu consumo de álcool é moderado? Como seria o uso da pornografia moderada, o uso de heroína moderada, da mentira moderada ou do adultério moderado?

43. Os cristãos são chamados para viver uma vida de entrega total e separação do mundo.

44. O álcool me faz esquecer. Ele pode me fazer esquecer que eu sou casado, que sou salvo, etc.

45. "Eu não fico bêbado. Eu só tomo uma ou duas bebidas". Se elas não te afetam, você deve ter bebido refrigerante.

46. ​​Eu nunca deveria olhar para o copo ou garrafa com uma alegria que só pode ser encontrada no Senhor Jesus Cristo.

47. O álcool enche a minha mente com pensamentos impuros.

48. Se eu pudesse prejudicar a minha caminhada na fé ou desonrasse o senhorio de Jesus Cristo, eu precisaria abandoná-lo.

49. O álcool não me ajuda a correr a corrida que Jesus marcou.

50. Para qualquer argumento que tente justificar a "bebida cristã", existem pelo menos outras 50 razões para dizer "não". Beber não é o melhor de Deus para os cristãos.

veja também