Brilhando salgadamente

Pergunte-se hoje, será que temos cumprido nossa missão? Ser SAL e LUZ.. Não é uma escolha, é uma missão

fonte: Eu Escolhi Esperar

Atualizado: Terça-feira, 28 Outubro de 2014 as 9:54

sal e luzMeditando hoje em Mateus 5.14-16..
Jesus nos comparou ao sal porque ele estanca a proliferação da putrefação. O sal é o que dar sabor ao alimento também, se ele perder o saber.. vira poeira. Não presta pra nada. A missão da igreja é salgar a nossa sociedade, padrões éticos e morais. O avanço da maldade e do que está errado não é porque o mal está forte, é porque homens e mulheres de bem quando tem a possibilidade, a oportunidade de fazer o que é certo, cruzem os braços. Pecado não é apenas fazer o que é errado, é também poder fazer algo certo e se recusar a fazer. Hoje em dia nos contentamos em simplesmente não fazer o que é mal, mas também não fazemos o que é certo. Pecado não é só ação, é omissão também.

O que eu quero que você encare hoje é que você e eu somos fatores de retenção dessa realidade. É algo que DEUS colocou em nós. DEUS em nós!

Brilhamos JESUS com a luz de Cristo no mundo, como estrelas no céu à noite (Fp 2.15). Não há como dimensionar uma escuridão. Na verdade as trevas não são nada. As trevas na verdade não existem, o que existe é a ausência de luz. A nossa sociedade está do jeito que está porque a Igreja precisa acordar e SER IGREJA de fato. Uma pequena luz expulsa a escuridão. As trevas não resistem á luz. O que temos feito para ser luz nesse tempo? Julgamentos e criticas jamais vão surtir efeito. Precisamos de homens e mulheres corajosos e de atitude. Nosso papel é BRILHAR não importa onde estivermos.

É fácil ser sal aqui, nesse imenso saleiro. Mas Deus nos convida a ser sal lá fora. Se você conseguir salgar sua família já é uma benção de Deus, porque a sociedade é criada por conjunto de famílias. Já pensou se todos nós assumíssemos esse compromisso?

“Tende sal em vós mesmos”, disse Jesus em outra ocasião (Mc 9.50). A salinidade do cristão é o seu caráter, não podemos perder o nosso SAL, se não perderemos nossa credibilidade também. A Biblia nos conta que Sodoma e Gomorra estavam em processo de podridão, o cheiro disso era tão grande que estava chegando ás narinas de Deus, então Deus compartilhou com Abraão.. e este perguntou, em outras palavras.. “Senhor, o senhor vai destruir se tiver 50 justos”.. e Deus respondeu.. “Não destruo”. Por conta de 50 saquinhos de sal. E se houver apenas 10? Ainda assim Ele não destruiria. A questão é que FORAM DESTRUIDAS, porque lá não havia nem se quer 10 saquinhos de sal.

Dia após dia percebemos que estamos deixando de perceber. Não é normal ver uma paisagem assim, mas já vemos isso todos os dias que esquecemos de lembrar que podemos MUDAR sim. O que você tem feito com quem tem fome? Com os mendigos. Com pessoas que sofrem nos hospitais, com as crianças abandonadas? Precisamos assumir uma postura pois somos SAL e LUZ. Nós que somos responsáveis de estancar o processo de putrefação. O mundo não pode fazer isso.

Deus quer nesses últimos dias levantar homens e mulheres com as intenções do coração dEle, que chore com o que Deus chora, que se alegra com o que Ele se alegra. Não existe plano B.

Pergunte-se hoje, será que temos cumprido nossa missão? Ser SAL e LUZ.. Não é uma escolha, é uma missão.


- Marjorie Leite

 

veja também