Como um diário de oração pode me ajudar a ter foco

Você não precisa de um livro especial ou qualquer coisa parecida, apenas um caderno de anotações ou algo semelhante é o suficiente para começar.

fonte: Guiame, com informações de Fervr.net

Atualizado: Terça-feira, 26 Janeiro de 2016 as 4:32

Para que o diário de oração funcione, você pode escrever ou digitar suas orações (Foto: Reprodução)
Para que o diário de oração funcione, você pode escrever ou digitar suas orações (Foto: Reprodução)

Quando você ora só em pensamento, você acaba cochilando? Mesmo em voz alta, seus pensamentos vagueiam por todos os cantos da terra, menos em Deus? Você se sente como se não estivesse se conectando com Deus da maneira certa? É tanta distração! Você pensa em alguns motivos de oração, e 20 minutos depois percebe que perdeu Jesus em algum lugar. Veja o seguinte versículo:

 "Dediquem-se à oração com uma mente alerta e um coração agradecido." Colossenses 4: 2

Percebi minhas orações não estavam nem perto de alertar minha mente, então eu decidi procurar formas alternativas para orar. Eu encontrei “diário de oração”, e ela se adequa muito bem a minha personalidade.


POR QUE USAR UM DIÁRIO DE ORAÇÃO?

Você deve tentar ter um diário de oração se:

Você é determinado no que você faz;

Seus pensamentos vagueiam facilmente;

Você gosta de escrever;

Você está procurando novas maneiras de se conectar com Deus;

Para que o diário de oração funcione, você pode escrever ou digitar suas orações. Eu prefiro escrever, porque pegar um notebook me deixaria ainda mais distraído.

Você deve encontrar um lugar com nenhuma distração, em que possa ficar sozinho, sem o notebook ou telefone. Eu resolvi sentar-me nos degraus da varanda na 5:00. Ninguém está acordado; ninguém pode me incomodar.


BENEFÍCIOS DO DIÁRIO DE ORAÇÃO

      Você deve encontrar um lugar com nenhuma distração, em que possa ficar sozinho (Foto: Reprodução)

Escrever é uma atividade saudável que ajuda a canalizar suas emoções
Às vezes, se estiver realmente com raiva de alguém, você pode escrever sobre isso e pedir a Deus para te ajudar a controlar a sua raiva e para te ajudar a falar com essa pessoa com uma mente e coração calmos. É melhor se livrar da raiva usando um diário do que confrontar a pessoa precipitadamente, e dizendo coisas das quais você vai se arrepender.

"Quando vocês ficarem irados, não pequem. Apaziguem sua ira antes que o sol se ponha, e não deem lugar ao diabo". Efésios 4: 26-27.

Escrever ajuda a organizar seus pensamentos
Quando oramos em pensamento, nosso cérebro parece ficar embaralhado, mas quando  escrevemos as orações, eu nos forçamos a nos concentrar no que estamos orando.

Você pode olhar para trás em suas orações
Uma vez por mês, você pode relembrar todas suas orações. Quando fizer isso, poderá ver como Deus tem trabalhado na sua vida. Você pode destacar as orações respondidas com marca-textos e agradecer a Deus com um novo registro.

 
COMO USAR O DIÁRIO DE ORAÇÃO
Você não precisa de um livro especial ou qualquer coisa parecida, apenas um caderno de anotações ou algo semelhante é o suficiente para começar. Você pode escrever todas as suas orações, ou apenas fazer algumas anotações enquanto você está orando.

Pode começar por escrevendo em forma de carta, com a data no canto e uma saudação como "Querido Pai" ou "Querido Deus", agradecendo primeiro a Deus por tudo o que ele tem feito por você, não importa quão pequenas coisas tenham sido.

Em seguida, pode confessar seus pecados, inclusive pelos pecados que você nem sequer percebeu que cometeu. É normal sentir-se envergonhado por seus pecados, mas basta lembrar que nosso Pai perdoa!

Você pode orar por outras pessoas que tenham te pedido, ou mesmo aquelas que você não conhece muito bem. Por familiares que estão passando por provações em sua vida, ou por outras pessoas que o Espírito Santo te lembrar.

Ore por você mesmo, pedindo a Deus para te ajudar com o que quer seja que você esteja passando. Peça para Ele te guiar através de determinadas situações.

"Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta você" Mateus 7: 7.

veja também