Conselhos práticos para quem quer honrar a Deus online

Faça a si mesmo duas perguntas simples: transmite amor? Promove ou trás descredito ao evangelho?

fonte: Guiame, com informações de Fervr.net

Atualizado: Quinta-feira, 21 Janeiro de 2016 as 6

 Gostar de fotos de meninas ou rapazes seminus no Instagram não reflete a atitude de Deus para a beleza (Foto: Reprodução)
Gostar de fotos de meninas ou rapazes seminus no Instagram não reflete a atitude de Deus para a beleza (Foto: Reprodução)

A mídia social tornou-se uma grande parte da maioria de nossas vidas, e transformou o modo como interagimos uns com os outros. Embora a mídia social tenha muitos aspectos positivos, também tem muitos aspectos negativos que devemos estar cientes, e fazer o nosso melhor para evitar. 1 Coríntios 10:31-33 nos lembra que somos chamados a viver para Deus em todas as áreas de nossas vidas: 

Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus. Como também eu em tudo agrado a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que assim se possam salvar.

A meu ver, existem 5 itens essenciais para ser abordados sobre mídias sociais nas quais todos os cristãos devem se esforçar em direção ao aplicar este princípio para seu uso de mídia social.


Não usá-lo como sua principal forma de socialização

Uma das muitas vantagens da internet é a capacidade de se comunicar através de grandes distâncias e manter amizades que de outra forma teriam acabado. Mas e a interação com aqueles que vivem por perto?

Fomos criados como seres relacionais, e não há nenhum substituto para a interação face-a-face. Devemos estar mostrando o nosso amor por nossos irmãos e irmãs com usando nosso tempo para estar com eles.
 

Seja você mesmo

Sites como Facebook, Twitter e Instagram apresentar-nos a oportunidade de nos mostrar como somos: nossos interesses, as coisas que fizemos no fim de semana etc. No entanto, é tão fácil criar uma versão de si mesmo que se adapte o apelo público mais amplo, para se sentir inserido. Isto realmente acontece muito com os adolescentes.

Como cristãos salvos pela graça de Deus, somos chamados a glorificá-lo com tudo o que somos, e não com o achamos legal ser.
 

Pense antes de postar

Se devemos glorificar a Deus, através do uso das mídias sociais, precisamos estar ativamente pensando em como estamos retratando a nossa fé através de nossas ações. Faça a si mesmo duas perguntas simples: transmite amor? Promove ou traz descredito ao evangelho?

Essas perguntas podem ser aplicadas à todas áreas vida com bastante facilidade, mas neste caso nós, como cristãos realmente precisa pensar antes de postar uma atualização de status, foto ou comentário.

Seus Tweets estão usando linguagem amorosa de Deus? Suas mensagens no Facebook e fotos estão apenas centradas em você o tempo todo? Suas fotos são moderadas no que se diz respeito à exposição do seu corpo?

Isso não significa que cada post tem de ser um versículo da Bíblia ou de uma reflexão profunda e significativa. Ao contrário, cada post deve refletir o amor de Deus por nós, os portadores da Sua imagem. Lembre-se que estamos sendo nós mesmos e se você é alguém cuja confiança está em Jesus, então, tudo o que você postar deve refletir a esperança que você tem em Deus (1 Pedro 3:15).


E a interação com aqueles que vivem por perto? (Foto: Reprodução)

Pense antes de Curtir ou Seguir

Da mesma forma que devemos medir o que postamos, as coisas que gostamos ou as pessoas/ páginas que seguemos em sites de redes sociais revelam nossas atitudes e convicções aos que nos rodeiam.

Mais uma vez, pergunte a si mesmo: demonstra amor? Promove ou traz descredito ao Evangelho? Gostar de fotos de meninas ou rapazes seminus no Instagram não reflete a atitude de Deus para a beleza. Ele está preocupado com a beleza interior (1 Pedro 3).

Piadas de mau gosto ou comentários de bullying também não refletem o que Deus fez por nós através da morte e ressurreição de Jesus. Temos de estar constantemente pensando sobre os efeitos do nosso uso da mídia social a respeito da propagação do Evangelho.


Seja positivo

Redes sociais nunca devem ser o lugar para resmungar ou reclamar. O Apóstolo Paulo diz que devemos "fazer tudo sem murmurações nem contendas" (Filipenses 2:14), e o próprio Jesus nos exorta a mostrar o amor de Deus em nosso mundo pecador para que as pessoas possam saber que somos seus discípulos (João 13: 34- 36).

Mantenha seu timeline positivo e amoroso, as pessoas vão notar a sua perspectiva e ver os efeitos da graça de Deus em sua vida. Se você precisa desabafar por causa de um dia duro, conversar com um amigo próximo sobre isso. Como Provérbios diz: "O amigo ama em todo o tempo, e na angústia nasce um irmão" (Provérbios 17:17).

Ainda melhor, fale com Deus! Ele é um ouvinte melhor do que qualquer ser humano (Filipenses 4: 6-7).

veja também