Escolha sua profissão com tranquilidade

A escolha da profissão deve ser feita sem pressão ou angustia, pois isso pode atrapalhar os estudos

fonte: Guiame, Marcella Menezes

Atualizado: Quinta-feira, 16 Abril de 2015 as 2:21

Jovem em dúvida na escolha da carreira
Jovem em dúvida na escolha da carreira

Alguns nascem com habilidades que cedo o direcionam para uma carreira, outros são influenciados a seguir o negócio da família. Mas, e quem não sabe qual curso escolher, como descobrir o que combina com você? Esta dúvida gera ansiedade e pode atrapalhar os estudos, pensando nisso, conversei com a psicóloga Maria Sara - expert no assunto- sobre as dúvidas mais frequentes dos alunos indecisos. Acompanhe:

- Se o aluno tem afinidade com a matéria do colégio significa que deve seguir nesta área?

“Ele deve considerar que as disciplinas que hoje tem facilidade no colégio podem se tornar muito difíceis na graduação porque o grau em que se aprende no ensino médio é muito diferente do conhecimento exigido na universidade. Assim, se orientar com base em disciplinas de preferência pode ser uma boa escolha, desde que o aluno também considere as disciplinas que terá na grade curricular do curso superior escolhido. Minha orientação é de que estudem as grades do curso, a carga horária das disciplinas e seus conteúdos antes de decidirem.”

- Os testes de internet são seguros? Por quê?

“Não são seguros, uma vez que não sabemos se têm alguma base científica ou não. O importante não é o teste, somos testados diariamente e fazemos escolhas. Mesmo sem perceber, desde muito pequenos temos modelos de heróis ou bandidos, modelos de professores, tios, ou pais, pessoas a nossa volta que nos ajudam a formar uma imagem mental do que queremos ser no futuro.

Minha orientação é que, mesmo no colégio, o aluno vá entrevistar pessoas que já atuam em determinada área profissional e perguntar quais as características para ser um bom profissional na área, quais os aspectos positivos e negativos da profissão. Assim, tendo novos modelos de profissionais e conhecendo a si mesmo fica mais fácil escolher ’’.

- Qual o conselho de um psicólogo para o aluno que não faz a menor ideia em qual área seguir (humanas biológica ou exata)?

“Se não faz a menor ideia, comece a buscar informações sobre as profissões: o que cada profissional faz, como é sua rotina, em que tipo de ambiente trabalha, precisa se relacionar com pessoas ou trabalha sozinho.

O segundo passo é buscar desenvolver o autoconhecimento: o que gosto de fazer, o que não gosto de fazer, que opinião os colegas têm a seu respeito, que opinião seus pais fazem sobre você enquanto um profissional, que atividades imagina-se fazendo no futuro.

O terceiro aspecto é fazer a escolha propriamente dita, muitas vezes significa abrir mão de outras profissões e desejos, e, se por acaso não gostar, pode sempre mudar a sua escolha. O importante é não ficar muito angustiado com isso, e em caso de necessidade procurar a ajudar de um profissional na orientação”.

Tem medo de fazer a escolha errada? Siga as dicas dos profissionais e busque conhecer as carreiras em feira de profissões. Mas, se mesmo assim você descobrir que o curso que escolheu não é o que esperava, esta experiência pode contribuir para sua formação, pois além da graduação, o bom profissional é formado também pela experiência de vida.

 

*Maria Sara de Lima Dias - Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009) possui mestrado (2004) em Psicologia da Infância e Adolescência e graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná (1990). Especialista em Pedagogia Social pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente atua na Universidade Tecnologica Federal do Parana, como professora do Departamento de Estudos Sociais.(DAESO) É autora dos livros Sentidos dos trabalho, e co-autora dos livros Planejamento de Carreira: uma orientação para estudantes universitários e Dinamica de Grupo

veja também