Eu conheço esse homem

Eu conheço esse homem

Atualizado: Sexta-feira, 14 Fevereiro de 2014 as 11:52

JesusQuero saber quantos de vocês enquanto estão lendo a Bíblia pensam que não agiriam como os personagens ali relatados... por exemplo, o povo que foi libertado por Deus das mãos do Faraó e depois construiu uma imagem de ouro. Quem nunca os criticou dizendo: como um povo que foi liberto pelas mãos do próprio Deus pode adorar uma estátua de outro? Quão ingratos eles foram...
 
Por isso, hoje falaremos de Pedro, afinal ele negou Jesus. Mas calma... será que nós nunca agimos como Pedro?
 
Vejamos o livro de Mateus, capitulo 26 e os versículos 73 e 74: “pouco tempo depois, os que estavam por ali chegaram a Pedro e disseram: ‘certamente você é um deles! O seu modo de falar o denuncia. Ai ele começou a se amaldiçoar e a jurar: ‘eu não conheço esse homem’”.
 
Nesse momento a Bíblia está se referindo a um tempo de grandes perseguições contra os seguidores de Cristo e até mesmo contra o próprio Jesus, os chefes dos sacerdotes estavam procurando qualquer depoimento que fosse contra Jesus, para que assim pudessem matá-lo. Seguir a Cristo não era nada fácil.
 
Perto do que esse povo viveu, seguir ao Senhor nos nossos dias é muito fácil.
 
Dessa forma, quero que possamos nos atentar para alguns aspectos do texto: 1) Você sabia que como seguidor de Jesus Cristo, o seu modo de falar te denuncia? Caso o seu jeito de viver, de ser e de falar não mostre que você é seguidor de Cristo, provavelmente tem algo errado. 2) Foi porque Pedro teve medo que ele disse que não conhecia a Jesus.
 
Esse texto me lembra uma experiência pessoal. Quando eu era criança, meus pais decidiram me mudar de escola. Antes das aulas começarem eu decidi que não ia “revelar a minha identidade”, não queria que as pessoas soubessem muito sobre mim, estava um pouco cansada com os estereótipos criados sobre os filhos de pastores e os cristãos, queria simplesmente ser uma aluna nova em uma escola nova. 
 
Foram necessários alguns dias, menos de uma semana para que todos na sala soubessem de tudo. (risos) Cheguei em casa e contei para a minha mãe que eu não tinha conseguido me esconder, mas que tudo bem, porque eu tinha descoberto que eu estava em Jesus e que Jesus estava em mim, eu jamais conseguiria esconder isso. Logo, entendi que tudo sobre mim, comportamento, roupa, estilo de vida, gostos... tudo denunciava a presença de Jesus em mim.
 
Com Pedro aconteceu a mesma coisa, tudo nele denunciava que ele andava com Jesus, que ele conhecia Jesus. A grande questão foi que quando perguntaram para Pedro, ele negou. Pedro teve medo e não conseguiu assumir sua identidade.
 
Então, logo me pergunto: quantas vezes tivemos medo de assumir Jesus? Quantas vezes nós O negamos de formas diferentes?
 
Criticamos a Pedro, mas será que muitas vezes não agimos como ele? Tentamos esconder nossa identidade e a presença de Jesus em nós. Pedro temia a prisão e a morte. E nós, o que estamos temendo? Temos medo da exclusão, do bullying, das piadinhas?
 
Desde aquele primeiro dia de aula eu decidi que não havia nada para ser escondido e que onde eu chegasse as pessoas saberiam sobre quem mora em mim.
 
A resposta de Pedro foi: “Eu não conheço esse homem”. Mas a nossa resposta pode ser diferente, podemos gritar: SIM, EU CONHEÇO ESSE HOMEM, EU CONHEÇO JESUS! EU ANDO COM ELE E ELE ANDA COMIGO, SOMOS UM!
 
Queridos, não percam tempo, revele sua identidade, tenha um caráter como o de Jesus  e tudo em você denunciará de quem você é filho!
 
Que Deus abençoe sua semana com muita presença dos céus!
 
 
- Bruna Thalita
 

veja também