Fé madura

Mesmo jovens, devemos ser cristãos maduros. Reflita sobre qual fundamento está sua fé

fonte: Não Morda a Maçã

Atualizado: Terça-feira, 27 Maio de 2014 as 1:16

féGraça e paz, filhões! Parece que foi ontem que comecei, mas já inteirei 6 meses como colunista do NMM! Glória a Deus! Toda semana aprendo mais com vocês e agradeço de coração pelo retorno que tenho recebido nos posts. Recompensa maior ainda é ver quantas pessoas têm amadurecido quanto ao chamado que receberam de Deus. E é isso que espero de todos nós, cristãos mais próximos do motivo verdadeiro da sua fé.

Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo Ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; (…) no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito. Efésios 2.20 e 22

Infelizmente, algumas denominações deturpam o sentido da fé, fazendo com que seus membros desenvolvam uma crença mais ligada a costumes do que ao próprio Deus.

Enquanto a função da igreja é levar as pessoas a entenderem o sacrifício de Jesus e o desejo que Deus tem de estar próximo de Seus filhos, vemos nesta geração líderes religiosos que vinculam a salvação do rebanho à prática de ritos específicos que não possuem respaldo bíblico.

A fé de todo cristão deve ter como único fundamento a Pessoa de Cristo. Não é razoável permitir que qualquer doutrina coloque-se como meio para salvação, concorrendo com o sacrifício de Jesus. Precisamos estar atentos para que estas coisas não tomem o primeiro lugar em nossas vidas espirituais. Deus é o centro de tudo, e isso não deve ser tomado como opção.

O povo de Israel quis substituir o culto ao Senhor pela adoração ao bezerro feito por mãos humanas. O resultado foi o extermínio dos idólatras (Êxodo 32). A falsa fé redunda em morte. Não há como alegar engano nem boa vontade. Idolatria é pecado.

Grave na mente: Deus não divide Sua Glória com ídolos alimentados por emoções mesquinhas. Nos reunimos toda semana num determinado local não por mera convenção social, mas para cultuarmos quem o Senhor é: um Deus santo, onipotente, onipresente e amoroso.

Você é chamado para o culto racional: louvar ao Senhor discernindo os elementos desta adoração. Não desligue o cérebro durante seus momentos de intimidade com Deus! Ele quer adoradores, e não robôs acionados por controle remoto (João 4.23-24).

Mesmo jovens, devemos ser cristãos maduros. Reflita sobre qual fundamento está sua fé.

Boa semana, pessoal. Deus abençoe a todos. Abração!


- Diego Cesar

veja também