Isso é pecado!

Não fale dos defeitos ou dos pecados da pessoa e sim, fale da boa nova, fale do que Jesus faz. Você, como crente, descobre isso na bíblia e na sua intimidade com Deus, mas e a pessoa que não lê a bíblia e não conhece a Deus?

fonte: Não Morda a Maçã

Atualizado: Segunda-feira, 1 Setembro de 2014 as 1:34

acusaçãoFala ai galera, firmeza?

Sábado passado estivemos em um seminário aqui em São Paulo. Foi show! E por lá troquei uma ideia com um mano a respeito de evangelismo.

Há um problema comum com crentes no meio da faculdade, escola ou trabalho no que diz respeito a evangelismo. Claro, existem diversas estratégias para evangelizar alguém e a melhor delas não é encontrada em um livro nem num blog e sim na sua intimidade com Deus. Sim o próprio Deus te dando instruções para que você seja usado no alcance de uma nova ovelha. No entanto, não quero falar de estratégias e sim do deslize que alguns cometem.

A cena: Tobias que evangelizar Crodomiro (Sim com cR mesmo rs), seu amigo da facul. Mas Crodomiro fala muito palavrão e enche a cara de cachaça aos fins de semana. Tobias sempre fala: – “Miro, para com essas paradas ai mano. Encher a cara é pecado. Deus pode mudar tua vida!” – Crodomiro pensa: – “E quem disse que eu quero mudar?“

Ai é que está. Não temos que apontar os erros de alguma pessoa que queremos evangelizar. Ninguém gosta de ter seus erros apontados. Chega a incomodar essa imagem acima não é?
Jesus nos disse para ir e pregar o evangelho (Marcos 16:15) e não ir e apontar falhas. E evangelho significa “boa nova” e quem disse que apontar o erro é uma boa nova?

Não fale dos defeitos ou dos pecados da pessoa e sim, fale da boa nova, fale do que Jesus faz. Você, como crente, descobre isso na bíblia e na sua intimidade com Deus, mas e a pessoa que não lê a bíblia e não conhece a Deus? Ela tem que encontrar Jesus através de você. E isso não significa que você tem que ser “perfeito”, significa que você tem que viver como uma pessoa livre. Livre do pecado, tendo prazer na graça de Deus (Romanos 6 e Gálatas 5). Mostrar que sim, você tem muitas falhas e também comete pecados, mas agora, você já não é mais escravo dele através da graça alcançada por Cristo.
Talvez eles te zoem em algum momento, mas se surgir um momento ruim na vida deles, eles saberão com quem contar.

Da sua casa, você ora pela pessoa para que o Espirito Santo fale com ele de forma que ele possa entender. Apontar o pecado é uma coisa, mas e convencer que aquilo é pecado? Ou seja, você pode dizer para a pessoa – “Isso é pecado!” – mas quem vai convencê-lo que aquilo o afeta? Com certeza, isso não é seu papel.

E, quando o Espirito Santo vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. - João 16:8

Eu já fui para um barzinho da facul comemorar uma nota máxima. Eles levantaram o chop e eu, meu suco.

Apresente a Jesus através da sua vida. Demonstre a bíblia através de suas ações. Fale da graça sempre que aparecer uma oportunidade.


- Fernando Ortega

 

veja também