Ocupados e sem missão

"Muita gente em nome do FAZER para JESUS esquece de ANDAR com JESUS."

fonte: Eu Escolhi Esperar

Atualizado: Quarta-feira, 23 Abril de 2014 as 12:58

ocupadoEsse tema veio a minha mente depois de uma ministração, onde fui MUITO cheia de algo especial vindo da parte de DEUS. Nem falava exatamente disso, mas me fez pensar sobre isso.
Quantos de nós já não colocamos a cabeça no travesseiro, alta madrugada e ficamos a pensar.. "Jesus, eu só tenho uma vida, o que tenho feito dela?", "O que que eu estou fazendo da minha vida?", "Tudo poderia ser tão diferente, meu Deus.. Será que ainda dá tempo?".


Você já parou para pensar que a maioria dos momentos de nossas vidas estamos OCUPADAS, mas uma ocupação que não tem tanto rumo?
Eu lembro quando comecei a ministrar com meus pais, por ser filha de missionários aqui no Amazonas, essa opção foi naturalmente consolidada na minha vida, eu lembro da minha primeira ministração, com 10 anos, em um reformatório, eu lembro dos olhares assustados, daquele chão escuro, daquelas pessoas frias, movimentos quase nulos.. O clima era tão pesado quanto estava pesado meu coração de tanto nervosismo; Foi uma experiência única, no fim deu tudo certo, e no lugar daqueles olhos arregalados e desconfiados, eu vi lágrimas e mãos desajeitadas enxugando o rosto. O Senhor foi glorificado.


Depois disso, não paramos mais, e eu lembro de uma época que todos os fins de semana tinha uma ministração e eu ainda dava um jeito de colocar sextas e segundas ocupadas. Era muito legal, me divertia.. eu mal sentia o cansaço. Ligada no 220V. Eram viagens pra ribeirinhos pela MISSÃO CONFINS DA TERRA, semináros pelo ENTRE PRINCIPES E PRINCESAS, pregações em congressos, viagens para outros estados, visitas em orfanatos, asilos, etc, até que um dia.. PUFT! Meu pai, com seu jeito todo amável e pacificador de ser, me sentou na frente dele e disse: "Precisamos conversar", Rs. Pior coisa para se falar Rs Enquanto ele falava, vou ser bem sincera.. Lembro perfeitamente dos versículos que ele leu, das primeiras frases, mas, no fim da conversa, eu acordei com um sacolejo dele haha, DORMI no meio da conversa, acredita? Ele passou a mão no meu cabelo e disse: "Você facilitou o que eu ia falar."

Resumindo a história, meu pai me explicou que MINISTÉRIO significava SERVIR, mas não se pode mudar o foco do nosso coração, enquanto estamos ATIVAS pensamos que estamos cumprindo a MISSÃO de Deus, mas nada adianta se negociarmos nosso tempo com Ele. Agitação as vezes pode mascarar nossa situação espiritual. Ficar no REPLY de pregações, serviços .. pode nos "sustentar" por um tempo, mas depois nos deixa com uma sensação de .."tem alguma coisa errada". Meu pai me explicou que a nossa intimidade com DEUS não pode ser negociada por NADA. Eu estava cansada porque estava querendo abraçar o mundo com meus bracinhos curtos e finos. Apesar de uma visão boa, eu JAMAIS conseguiria cumprir uma missão sozinha. Eu tinha uma boa motivação, mas nada de maturidade Rs Meu pai fez daquele dia um divisor de águas na minha vida.
Cansaço na lida ministerial é muito perigoso. Homens cansados negociam valores, lembra de Esaú?
Onde está nossa escala de prioridades? Qual é a nossa motivação real?

As vezes investimos mais "lá fora" e dentro da nossa casa está fedendo a putrefação, pois nunca tivemos coragem de abrir a boca pra falar do amor de DEUS pros nossos familiares.
Deixamos Jesus esperando dia após dia.. e quando chega no final do dia costumamos dizer: "Não tive tempo pra Te buscar, pra meditar, pra Te adorar, pra buscar a Tua face.."
Buscar EM PRIMEIRO LUGAR O REINO nos proteje de uma vida ansiosa e cheia de preocupações inúteis. Quando colocamos o foco em nossas mãos, só nos cansamos .. porque existe uma diferença grande em uma ministração feita por uma fonte comum e uma feita na fonte dos pés do Senhor.

"Muita gente em nome do FAZER para JESUS esquece de ANDAR com JESUS."
Precisamos fazer a obra dEle, mas obedecê-Lo também.
Hoje, meus pais estipularam alguns pontos muito especiais na minha vida ministerial, se eu continuasse naquele ritmo provavelmente estaria fazendo a obra DA MARJORIE hoje, e não a de DEUS.

Por mais habilidades que tenhamos, as vezes podemos cair no erro de fazer sem Ele.. Isso gera inchaço, não crescimento.
É maravilhoso depender de JESUS. É incrível estar com JESUS até escolhendo frutas no supermercado Rs Estudando, jogando bola com a galera, se maquiando, lavando a louça etc.
Jesus não precisa ser "sentido" só no altar quando você está com um microfone nas mãos, Ele precisa ser sentido todo o tempo, fazendo tudo conosco.. Ele torna o fardo leve e traz SENTIDO para o que estamos fazendo.

Ocupe-se SIM, mas com JESUS, não sozinha. Sozinha você só conseguirá uma fadiga horrível que só serve para postergar o que DEUS quer fazer na sua vida.

Pare um pouco hoje e pergunte a si mesmo: "QUAL É MINHA MISSÃO?"


- Marjorie Leite

veja também