Pornografia e a degradação da imagem de Deus

Você luta com a tentação de assistir filme pornô? Mais do procurar alguém para prestar contas, entenda a riqueza da palavra de Deus.

fonte: Guiame, com informações de Fervr.net

Atualizado: Sexta-feira, 22 Janeiro de 2016 as 12:22

É saudável sentir ódio de tudo o que desumaniza os outros seres humanos (Foto: Reprodução)
É saudável sentir ódio de tudo o que desumaniza os outros seres humanos (Foto: Reprodução)

Quando pensamos sobre “viver como um cristão”, a pornografia é um dos temas que mais vem à tona. E geralmente quando você ouve sobre pornografia num círculo cristão, os motivos dela ser ruim são: “é pecado” ou “não é o que a Bíblia ensina”.

Normalmente, a solução é a prestação de contas – procurar um programa de acompanhamento, reunindo regularmente com pessoas em tratamento, prestando contas a alguém que você vai falar sobre suas lutas e orar. Sem diminuir o valor de grupos de acompanhamento - eles são um passo muito importante direção certa, mas também é necessário aprender a lidar efetivamente com a tentação da pornografia.

A questão é maior do que pecar e desobedecer às regras da Bíblia – a fé é mais rica e mais profunda do que simplesmente obediência. Então, nós precisamos pensar mais profundamente.

Um problema entre homens e mulheres

Ao falar sobre pornografia (e, finalmente, qualquer forma de "mídia", como anúncios em outdoors, livros, arte, música, etc.) podemos falar sobre o significado do ser humano. Nós gostamos de sexo. Encontramos outras pessoas atraentes. O pensamento ter uma intimidade é sedutor.

Mas a pornografia carrega uma mensagem ainda mais forte sobre o que significa ser do sexo masculino e feminino. E se pensarmos sobre isso, vamos ver que a pornografia é devastadora e destrutiva. Em vez de ser apenas uma questão de pecado e desobediência, a pornografia é um mal por causa da mensagem sobre masculino e feminino.

Antes de pensar nisso, precisamos de uma boa base. Um bom lugar para começar é Gênesis 1-3.

Como Deus vê os seres humanos

Em Gênesis 1, lemos sobre Deus criando o homem e a mulher (1: 26-27), como portadores de sua imagem e semelhança. Um não é mais à imagem de Deus do que o outro, ambos são iguais em sua condição de "imagens de Deus". E o modo como eles se relacionam entre si, refletem como é Deus: relacional.

No capítulo 2, o homem é feito para cultivar o jardim, mas não é bom para o homem ficar sozinho. Assim, a mulher é feita como companheira para o homem - não para entretenimento do homem, nem para tornar o homem feliz - ela é feita para trabalhar ao lado dele, como sua parceira. No entanto, eles não são exatamente iguais, mas se completam entre si. E uma grande parte do seu papel na criação é instituir a família - se homem e mulher fossem iguais, família não iria existir.

No capítulo 3, aprendemos sobre o pecado - e vemos o que o pecado fez nesta relação: quando confrontado com o pecado, o homem acusa a mulher (e Deus por fazê-la), e a mulher culpa a serpente para enganá-la. Como parte do julgamento de Deus, ele diz que o homem e a mulher iriam lutar pelo domínio, mas que, em última análise, os homens reinaria sobre as mulheres (3:16). O pecado tornou nossos relacionamentos tensos e danificados, e agora há uma luta constante por poder e dominação; uma luta que os homens muitas vezes ganham, resultando na opressão das mulheres.


Pornografia faz as mulheres serem escravas dos homens (Foto: Reprodução)

O valor da mulher

Com esta compreensão mais rica sobre homem e mulher, somos capazes de pensar mais criticamente sobre a pornografia. A esmagadora história da pornografia é que aquela menina nua na sua tela ou revista existe para o entretenimento dos homens, com o propósito de venda de assinaturas de um site ou revista. Pornografia é totalmente sobre a dominação masculina e dinheiro.

A pornografia é destrutiva e má, pois tira da mulher o que Deus tem dado a ela: seu estatuto de igualdade como uma portadora da imagem de Deus, traz a ela degradação, de “alguém criado à imagem de Deus” para uma “coisa criada ser governada”. A pornografia é destrutiva e má porque eleva o status do homem não como um portador da imagem de Deus, mas como ele mesmo sendo um pequeno deus, que pode fazer o que quer com uma mulher.

Pornografia faz as mulheres serem escravas dos homens. A escravidão não é igualdade, ou companheirismo, é desumana. Faz a mulher uma escrava dos desejos de um homem, com a finalidade ganhos monetários. Pornografia um ser humano em gado.

E é isso faz com que seja repulsivo. Isso transforma excitação em desgosto.

Você luta com a tentação de assistir filme pornô? Mais do procurar alguém para prestar contas, entenda a riqueza da palavra de Deus.

Seu objetivo não deve ser apenas para quebrar um mau hábito, mas crescer em uma compreensão mais profunda de Deus, realmente ser feito à sua imagem, isso significa respeitar o outro ser humano como imagem de Deus, ainda que você não o conheça.

É saudável sentir ódio de tudo o que desumaniza os outros seres humanos. Olhe para Jesus como ser humano e sua expressão máxima do amor por nós: aquele que dá a vida e liberdade - não aquele que leva e escraviza.

veja também