Quatro perguntas antes de namorar

Se a resposta das quatro perguntas do texto for SIM, tudo bem, mas, se for NÃO...

fonte: Eu Escolhi Esperar

Atualizado: Terça-feira, 16 Setembro de 2014 as 2

dúvidaOlá galera! Hoje escrevi um artigo baseado em quarto perguntas que o pastor Cott costuma aconselhar aos jovens que as façam antes de iniciar um relacionamento. Coloquei aqui as quatro e comentei um pouco sobre cada uma delas. Sem demora, lá vão...

1. POSSO ME CASAR COM O DEUS DESTA PESSOA?
Professar a mesma fé é uma das bases mais fundamentais para que um relacionamento seja saudável e tenha grandes chances de chegarem ao casamento.
Mesmos princípios, ideais e, sem contar, mesmo cronograma pelo menos dos fins de semana. Imagina casar-se com alguém que não professa a mesma fé e não tem o mesmo compromisso com Deus que você tem. Sábado à noite você deseja ir ao culto jovem, enquanto que a outra pessoa deseja ir à balada. Um decide santidade e o outro só quer sexo. Pra onde ir, o que fazer? Quem irá ceder?

2. POSSO ME CASAR COM OS VALORES DESTA PESSOA?
Valores são o conjunto de características de uma pessoa que determina a forma como ela se comporta e interage com outros indivíduos e com o meio ambiente. Interferem diretamente na conduta de alguém.

Por isso, sempre aconselhamos que antes de iniciar um relacionamento você deve conhecer os valores da pessoa. Isso é possível através de uma amizade. Seja amigo(a) antes de iniciar um relacionamento. Se os valores não forem condizentes à uma boa conduta ou se não estiverem pelo menos em um nível mínimo de alinhamento com os seus, não prossiga.

3. POSSO ME CASAR COM A FAMÍLIA DESTA PESSOA?
Se tem algo que TODOS levamos pra dentro do casamento é nossa família. Em certo sentido, nos casamos, também, como a família do nosso cônjuge. Um filho nunca deixa de ser um filho, bem como uma filha nunca deixa de ser filha. Ou seja, as famílias sempre terão algum tipo de influencia, mesmo que esta seja indireta. Ter um bom relacionamento com a sogra, o sogro, os irmãos, cunhados, etc... é fundamental para a saúde do seu futuro casamento. Tenha um bom relacionamento também com a cultura familiar da outra pessoa.

Todos levamos essa cultura adquirida desde o nascimento até o momento de sairmos de casa. Obviamente, tem-se que ter o entendimento que no casamento não será uma das partes que irá imperar e trazer tal cultura completamente para dentro do casamento. Ambos devem se dispor a formar uma NOVA cultura familiar. Essa é uma pergunta fundamental que deve ter uma resposta positiva. Caso contrário, enfrentará algumas dificuldades no casamento.

4. POSSO ME CASAR COM A MISSÃO DESTA PESSOA?
Uma das coisas que uma pessoa tem de mais importante na vida é sua MISSÃO. Deus nos concede que conheçamos nosso chamado e saibamos o que faremos para colaborar com o crescimento do reino. Em certo sentido, deve haver uma compatibilidade no que diz respeito ao chamado de Deus. Por exemplo: a moça tem o chamado de fazer missões transculturais (ir para a Índia, África, etc.) enquanto que o rapaz tem o chamado para ser um empresário que irá financiar a obra de Deus. Como ficaria isto? Ela iria ficar 2 anos no campo missionário enquanto que o “marido” ficaria cuidando dos negócios? Claro que não. O propósito de Deus ao unir um casal é que eles fiquem juntos. Por isso, devemos conversar muito ao conhecer alguém. Conhecer a missão da outra pessoa é fundamental para sabermos se a coisa pode rolar.

 

- Leandro Almeida

veja também