Sinto que a comida me controla

Jim Burns explica que um transtorno alimentar pode ser muito perigoso e precisa de atenção imediata.

fonte: Guiame, com informações de Ignite Your Faith

Atualizado: Sexta-feira, 29 Julho de 2016 as 5:12

Um transtorno alimentar pode ser muito perigoso e precisa de atenção imediata. (Foto: Reprodução)
Um transtorno alimentar pode ser muito perigoso e precisa de atenção imediata. (Foto: Reprodução)

Eu tenho a impressão de que sou obcecada por comida em todo o tempo. Há um ano, eu decidi que a melhor maneira de ficar magra era vomitando após as refeições. Eu senti que eu podia controlar a minha vida, mas agora eu acordo todas as manhãs preocupada com o que eu vou comer e onde fica o banheiro mais próximo. Quero que Cristo seja o centro da minha vida, e não a comida.

Em um momento ou outro da vida, a maioria de nós usamos a comida para nos preencher. Mas parece que seus hábitos alimentares estão atingindo um nível perigoso de saúde física, mental e espiritual.

O termo "transtorno alimentar" é usado por profissionais de saúde para descrever a obsessão de uma pessoa pelos alimentos e seu peso. Dois tipos comuns de transtornos alimentares são a anorexia e a bulimia.

Quero ser muito sério com você: anorexia e bulimia podem ser fatais. Os efeitos colaterais comuns incluem danos aos órgãos reprodutivos, frequências cardíacas e metabólicas anormais e insuficiência renal. Em outras palavras, um transtorno alimentar pode ser muito perigoso e precisa de atenção imediata.

Você quer que Cristo seja o centro de sua vida, e não a comida. Buscar apoio na igreja pode te ajudar a manter o seu compromisso com Cristo e te fortalecer diante de suas tentações alimentares. Em Mateus 18:20, a Bíblia diz: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”. Jesus Cristo te ama e se preocupa com o problema alimentar, mais do que você.

Além disso, eu indico que você procure ajuda de alguém que entenda de transtornos alimentares, para trabalhar mais a fundo nesta questão.

veja também