Turbulência cardíaca

Nosso coração as vezes passa por essa turbulência, isso é mais normal e comum do que você e eu imaginamos

fonte: Eu Escolhi Esperar

Atualizado: Quarta-feira, 30 Julho de 2014 as 1:04

coração"Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais. Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei”. (Jeremias 29:11-12)

O pensamento de Deus a nosso respeito nunca muda, mas e o nosso a nosso respeito? Como está?
Nem sempre acordamos com aquela certeza de que está tudo certo.

Você já acordou ou levantou no meio da noite com aquela sensação de que TUDO podia ser diferente? Ficamos enjoados da nossa rotina, mudamos de idéia em relação a alguns acontecimentos da nossa vida. Algumas horas depois, já estamos com uma terceira sugestão para o mesmo assunto. Não sabemos direito o que fazer e acabamos não fazendo nada. Não sabemos ao certo o que não fazer e acabamos fazendo a única coisa que não deveríamos.

“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do SENHOR.”(Provérbios 16:1)

“Há caminho que parece direito ao homem, mas afinal são caminhos de morte.”(Provérbios 16:25)

Nosso coração as vezes passa por essa turbulência, isso é mais normal e comum do que você e eu imaginamos.

Na verdade, nem sempre essa turbulência denota que algo está errado, as vezes só comprova o quanto nosso coração é enganoso e traiçoeiro. Não precisamos fazer as coisas APENAS quando temos o incentivo dos nossos sentimentos, atitudes corretas precisam ser tomadas mesmo sem o “aval” das nossas emoções.

A melhor atitude quando não estamos nos sentindo seguros para tomar uma decisão é colocar na presença de Deus. O Senhor nos dá “clareza” e paz para tomar as decisões. Não podemos limitar a vontade de Deus ao nosso entendimento, por isso, precisamos ser sábios para dar um passo mesmo sem ver o horizonte que nos espera. O ato de CONFIAR em Deus nos remete a dependência total dEle. Só não confunda dependência com irresponsabilidade, Deus é PAI, e um PAI as vezes deixa algumas coisas para nós decidirmos para que assim possa ser forjado em nós um caráter de HOMEM e MULHER de verdade. Vai chegar uma hora que precisaremos sair do limite “infantil” da espiritualidade e alçar voos maiores, lembrando que todo novo desafio exige esforço e capacidade, sim, de assumir RISCOS. Seja moderado e equilibrado ao tomar qualquer atitude, um caráter brando ajuda muito nessas horas.

Enfim, não é o fim do mundo passar por essa instabilidade emocional, saber lidar gera maturidade e crescimento. Lembre-se “Assim diz o SENHOR, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o SENHOR, o teu Deus, que te ensina o que é útil e te guia pelo caminho em que deves andar.”(Isaías 48:17)


- Marjorie Leite

 

veja também