Vale o preço?

Vale o preço?

Atualizado: Segunda-feira, 17 Março de 2014 as 12:29

Vale o preço?Talvez uma das coisas mais desastrosas no nosso cotidiano, é quando algo é comprado e não vale o que custou.
 
Nos sentimos enganados, ou melhor dizendo, lesados.
Porque afinal de contas, o justo é que se corresponda as mínimas expectativas possíveis, não? Enfim, amarga a boca e o bolso, e é frustrante.
 
Quanto vale a sua vida?
 
Quem a comprou está feliz com a aquisição?
 
Valeu a pena o ALTO preço que foi pago?
 
Caso houvesse uma ouvidoria no céu, um SAC, quais seriam as queixas sobre você e seu comportamento? Haveriam sugestões? Tipo: "teria como ele ser mais gentil?", ou "será que esse comportamento de safada poderia ser excluído?"
 
Pois é, nós nos arrependemos dos investimentos que fazemos de forma errada, e queremos ser ressarcidos, e, de fato, somos às vezes. Mas o nosso comprador, Jesus, não quer ser ressarcido. Ele nem sequer reclama, sabe porque? Porque Ele não se arrepende e não investe errado NUNCA.
 
Nós é que estamos andando errado. Nós é que estamos deixando a santidade de lado, o bom comportamento também. Jejum e oração estão perdidos por aí, pouco se fala sobre, quem dirá praticar...
 
Ele não vai reclamar porque Ele não ganha nada "no grito".
 
Analise sua vida e abra seus olhos para a Palavra de Deus.
Ela é o parâmetro, o estatuto do céu.
Através dela é que temos certeza de como as coisas realmente estão em nossas vidas.
 
Não seja digno de devolução.
Seja além das expectativas de Jesus.
 
"Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós; E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus; Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro; Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre." 1 Pedro 1:18-23
 
 
- Rhanúsia Lara e Bruna Tavares

veja também