Vale a pena ver de novo?

Vômito e lama não são coisas que qualquer pessoa goste de ter na roupa. Na vida espiritual também é necessário remover todo vestígio de sujeira que tivemos algum dia no passado

fonte: Não Morda a Maçã

Atualizado: Sexta-feira, 12 Setembro de 2014 as 11:58

dúvidaFala, povo de Deus! Tudo certinho? Chegamos à época do ano em que os “bros” mandam: setembro, outubro, novembro e dezembro. Já que estamos caminhando para o fim de 2014, convido vocês a uma breve reflexão.

Reprises ocorrem sempre na programação da TV. Algumas valem até a pena. Porém, boa parte de filmes, seriados e VT’s de transmissões esportivas dão a sensação de revolta. “De novo isso?”, “Não vou nem perder meu tempo assistindo a tal coisa!” e por aí vai (só para ilustrar melhor, o que você pensa quando aparece um comercial anunciando que irá passar A lagoa azul?).

Convivendo com nossa família e amigos, pode ser que achemos que certas atitudes deles pareçam com reprises da Lagoa. Principalmente quando o que eles fazem são coisas que nós não gostamos. Dependendo da situação, ira e mágoa misturam-se para virar o recheio da bomba emocional que pode explodir nas mãos de pessoas que não tem nada a ver com a história. Bem chato, não é?

No capítulo 2 de 2 Pedro, vemos o apóstolo falando sobre pessoas que insistem nos comportamentos que tinham enquanto descrentes. O versículo 22 conclui que andar na vida antiga sem Cristo é equivalente a agir como um animal irracional.

Com eles aconteceu o que diz certo adágio verdadeiro: O cão voltou ao seu próprio vômito; e: A porca lavada voltou a revolver-se no lamaçal. 2 Pedro 2.22

Este texto nas mãos dos acusadores de plantão é um prato cheio. Afinal, quem não enxerga defeitos no caráter dos outros? E quem não se acha vítima da repetição de más atitudes de um parente ou amigo?

Criticar é fácil. Por muitas vezes, conveniente. O problema é trazer esse senso crítico para si mesmo. Responda com sinceridade, você já puxou este versículo para sua responsabilidade?

Além de você, Deus está muito interessado no seu melhor, o que redunda em abrir mão daquilo que só atrapalha seu desenvolvimento pessoal. Trocando em miúdos, jogar fora maus costumes, independente de quanto tempo você já conviveu com eles.

Vômito e lama não são coisas que qualquer pessoa goste de ter na roupa. Na vida espiritual também é necessário remover todo vestígio de sujeira que tivemos algum dia no passado.

Tenha disposição para mudar em favor dos planos que o Senhor tem para sua vida.

Uma excelente semana, em Cristo Jesus. Abração!


- Diego Cesar

 

veja também