A vida é preciosa

A vida é preciosa

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:26

No title A premiação do Oscar 2010 nos revelou uma história intensa de adversidade e esperança contada em "Preciosa", do diretor Lee Daniels e roteiro de Geoffrey Fletcher (prêmio de melhor adaptação), baseada no romance "Push" (escrito por Sapphire, 1996).

Este filme é ambientado no bairro americano do Harlem, mas descreve bem a realidade de muitas outras famílias, vivendo às margens da sociedade em diversos países do mundo, com a mesma falta de recursos, de perspectivas e de esperanças.

A jovem Claireece "Precious" Jones (indicação de melhor atriz para Gabourey Sidibe), vítima de constantes abusos físicos e psicológicos, cresce desapercebida, obesa e analfabeta em um lar que sofre de privações inimagináveis. Ela vive humilhada pela mãe (prêmio de melhor atriz coadjuvante para Mo'Nique) e tem ainda que lidar, pela segunda vez, com a questão da gravidez indesejada na adolescência.

Então, na expectativa de escapar de toda a miséria em que vive, "Precious" cria para si um mundo de fantasias ao conversar com as fotografias de um álbum, que lhe remetem a uma realidade totalmente diferente, onde ela é verdadeiramente apreciada e amada.

Será que você já desejou deixar esta vida? Procurou por algum botão para desligar a sua existência, mas o seu coração continua batendo e os seus olhos continuam se abrindo todas as manhãs, não importa o quão ruim esteja se sentindo?

Ou, quem sabe, você também anda por aí fazendo o jogo da Pollyanna contente, só para abstrair-se de sua cruel realidade?

Pare! Escute a opinião de quem lhe conhece desde o início dos tempos. Deus, em sua infinita sabedoria e inigualável criatividade, definiu e planejou com cuidado cada detalhe da aparência física dos seus filhos. Ele nos fez negros, brancos, amarelos e cor de bronze. Preparou também detalhes particulares para o caráter de cada um. E nos designou para uma alma única, sublime e imortal. Tudo o que Deus idealizou para o seu projeto, Ele concretizou quando lhe doou a vida. E as palavras que disse sobre você, fez questão de que se registrassem num livro: "Visto que você é precioso aos meus olhos e digno de honra... eu te amei." (Isaías 43.4)

Não importa por que caminhos esta criatura perfeita que Deus criou tenha seguido nesta terra. Talvez a sua aparência física não seja mais a mesma. Talvez a falta de perspectivas pela vida e as dificuldades lhe tenham deixado às portas do desespero. Talvez todos estes problemas e até os seus próprios familiares lhe tenham empurrado cada vez mais para a baixo autoestima e para a falta de amor próprio. Talvez a angústia e a depressão tenham lhe conduzido também para os problemas alimentares, para a obesidade ou para a bulemia. Enfim, para a infelicidade.

Pode ser que, neste momento, você esteja se sentindo muito frustrado(a) com o seu progresso lento, com a sua dificuldade de aprender e acabou se tornando muito exigente consigo mesmo(a). Avalie o quanto você realmente preza e valoriza as sua próprias opiniões e sentimentos, principalmente diante das outras pessoas. Não demore muito a perceber isto. Comece a valorizar-se mais!

Lembre-se de que a sua vida é preciosa aos olhos de Deus.

E que Ele nos trata como a menina dos seus olhos (Deuteronômio 32.10).

Paulo Henrique Oliveira Costa

Paulo Henrique Oliveira Costa é pesquisador especialmente interessado no estudo entre as tensões provocadas pelo que as Ciências postulam e comprovam, através dos seus experimentos científicos; pelo que a Filosofia elabora, através da lógica e da razão em diversas áreas do pensamento humano e, também, pelas convicções que as religiões e o Cristianismo nos proporcionam, através da Fé. Tendo optado por uma formação profissional em Tecnologia da Informação, área em que exerce suas atividades, nunca se afastou completamente do seu gosto pelo conhecimento e pela pesquisa, despertado em casa pelos pais. Em 2009, lançou seu primeiro livro: Alegria - Restaurando o Entusiasmo para Viver, pela Editora Fôlego, onde propõem uma alternativa viável para superarmos as fraquezas e as dificuldades nos tempos atuais, restaurando o otimismo, a esperança, a liberdade, o perdão, a saúde e a disposição para o serviço, através de uma verdadeira alegria. É casado e pai de três filhos.

Contato: [email protected]

Siga-nos

Mais do Guiame