Cor e tamanho da lente não interferem proteção dos óculos de sol

Cor e tamanho da lente não interferem proteção dos óculos de sol

Atualizado: Quinta-feira, 20 Março de 2014 as 3:31

Itém indispensável e fundamental para enfrentar dias enrolarados, os óculos de sol se renovam a cada momento. Lentes coloridas, espelhadas, em tamanhos grandes e médios, são os mais adotados no momento. Os óculos escuros exercem, independentemente da estação do ano, o importante papel de proteger os olhos de diversos problemas oftalmológicos causados pela exposição excessiva aos raios UV.

Muitas pessoas acabam acreditando que a proteção oferecida pelo acessório, acaba sendo influenciada não só pelo filtro aplicado na lente que bloqueia a radiação, como também pelo  tamanho e pelas cores das lentes do modelo utilizado. 
 
óculos escurosAté então os dois fatores podem interferir apenas no conforto e na qualidade da visão, e não na passagem dos raios ultravioleta.
 
“A coloração dos óculos não passa de uma questão de gosto e estética, assim como as suas dimensões. Isso porque a camada protetora é aplicada diretamente na lente, independentemente da sua tonalidade, e a luz que atinge a visão é frontal. Por isso, se a região central dos olhos estiver protegida, não haverá perigo”, afirma Newton Kara José Júnior, oftalmologista do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo. 
 
Problemas oculares podem surgir com o tempo, quando os olhos entraram em contato com os efeitos negativos na retina. 
 
Estão entre as doenças dos olhos causadas pela radiação o pterígio (no qual um excesso de pele na região das pálpebras pode levar à diminuição da visão), ceratite (queimadura da córnea), catarata precoce (embaçamento visual progressivo no cristalino que tende surgir por volta dos 40 ou 50 anos) e degeneração macular (diminuição da visão de detalhes que ocorre em pessoas acima de 60 anos de idade).   
 

veja também