10 hábitos para acabar com a ansiedade

Saiba como viver menos ansioso sem atrapalhar o dia a dia.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 16 Dezembro de 2014 as 11:46

Ser ansioso pode atrapalhar a rotina semanal. Cada pessoa tem uma forma de expressar sua ansiedade, seja para uma viagem, uma nova compra e até mesmo para o fim de semana.

Segundo a psicóloga Márcia Merquior, do Vita Check-Up Center, além de atrapalhar a vida pessoal e profissional, a ansiedade também minimiza a concentração em tarefas importantes e planejamentos de longo prazo. 

Para acabar ou diminuir o sintoma, a psicóloga ensina dez hábitos para serem descartados.

1 — Respire fundo sempre que se sentir mais nervoso. Se possível, dez vezes: inspire profundamente e expire o mais lentamente que puder.

2 — Se o trânsito estiver ruim, ligue o rádio ou ponha para tocar suas músicas prediletas.

3 — Se for atingido pela raiva de alguém, não responda de imediato. Respire e pense nos seus sentimentos e atos. Se for algo que você fez, peça desculpas, se não, diga que é melhor conversarem em outra hora, quando todos estiverem mais calmos. Não caia na armadilha do “bate-boca”.

4 — Procure a delicadeza e a gentileza em suas relações no trabalho e em casa. O respeito ao outro, ao seu modo de ser, por mais diferente que seja, prepara o terreno para que você também seja respeitado.

ansiedade5 — Adote uma forma de comunicação sem palavras agressivas. Uma fala mansa e alegre gera um ambiente de convivência mais pacífico, harmônico e confortável para todos, inclusive você.

6 — Invista em alguma atividade física aeróbica, pelo menos três vezes por semana, por no mínimo meia hora. Além de melhorar a autoestima, relaxa e alivia as tensões. E caminhe, sempre que for possível. Vida é movimento!

7 — Pratique alongamentos corporais, pelo menos duas vezes ao dia: estique as pernas e os pés, levante os braços e as mãos, estique e alongue o tronco, deixando-o cair o máximo que puder à frente do corpo. Faça isso pelo menos sete vezes. Ah! E os movimentos devem ser lentos, jamais acelerados para acabar logo.

8 — Tire um intervalo para o almoço de pelo menos 30, 40 minutos. Coma bem, mas levemente, e não engula a comida. Mastigue o mais devagar que puder, procurando saborear os alimentos. Depois, tente caminhar um pouquinho, dez minutos que sejam, pois já ajudam na digestão e um pouco mais no relaxamento do corpo e da alma.

9 — Adote algum hobby no seu dia a dia. Fazer pequenas coisas prazerosas fortalece a autoestima e fornece a deliciosa sensação de que também temos direitos e não apenas deveres!

10 — Cuide de si mesmo como a pessoa a quem mais se ama. Mas não se trata de individualismo ou exibicionismo. É cuidado mesmo, com sua saúde, com sua aparência, com sua proteção, com aquilo que lhe é importante. Não corra riscos desnecessários, só os que realmente valerem a pena, mas com cautela. Tenha limites, preserve-se dos excessos de todo o tipo. 

 

com informações de: R7

veja também