10 hábitos para ter dentes brancos

Tenha dentes brancos seguindo algumas dicas.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 24 Setembro de 2014 as 10:42

A professora do Departamento de Dentística da Faculdade de Odontologia da USP, Patrícia Moreira de Freitas, explica 10 hábitos para mudar e ter dentes brancos e saudáveis.

1.Tome bastante água, mas evite as minerais
Isso mesmo. Todo mundo sabe que beber água faz bem para o corpo e para a boca, pois ajuda na produção da saliva, fundamental para a limpeza e diluição de resíduos alimentares e ácidos. Mas, segundo o site Health, as águas minerais (as de garrafinhas) costumam ter menos flúor do que a quantidade recomendada pelas organizações de saúde para a boa manutenção da saúde bucal.

2. Masque chiclete
Segundo Patrícia, existem alguns estudos que apontam as gomas de mascar sem açúcar e com xilitol como grandes amigas da saúde bucal. Isso porque essa substância, que é um adoçante natural, ajuda a prevenir as placas bacterianas, além de neutralizar os níveis de ph da boca, aumentando a produção de saliva.

3. Tenha sempre na bolsa uma barrinha de cereal ou uma fruta
Alimentos fibrosos como os cereais e alguns tipos de frutas - maçã ou pera - contêm menos açúcar e precisam ser mastigados mais vezes, o que estimula a produção de saliva na boca. E como já sabemos, quanto mais saliva, mais limpa a boca fica.

4. Isotônicos: ótimos para o esporte, péssimo para os dentes
Embora importantes para repor os sais minerais que o corpo perde durante a prática de esportes, essas bebidas possuem o pH ácido que, associado à redução do fluxo salivar durante a atividade física, podem favorecer a erosão dental (perda dos minerais presentes na estrutura do dente). A erosão pode expor a dentina (estrutura mais interna do dente) que tem uma coloração amarelada, dando um aspecto escurecido ou manchado para os dentes e tornando-os sensíveis.

dentes brancos5. Vinho pode manchar o dente
O consumo regular de vinho, pelo pH ácido, também pode promover danos ao esmalte e dentina. Além disso, ele pode pigmentar a superfície do dente. E, apesar de não manchar como o vinho tinto, o vinho branco também tem o potencial de dissolver o esmalte, criando uma superfície áspera que facilita a adesão de pigmentos de bebidas e comidas. Uma boa dica para evitar ou minimizar os danos é tomar a bebida em pequenos goles e sempre consumir água junto, para diluir os ácidos presentes na boca.

6. Evite o consumo excessivo de massas e doces. Eles são inimigos da balança e do sorriso
Segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Washington, nos Estados Unidos, o excesso de carboidratos, além de acarretar uns quilinhos a mais, pode causar prejuízos sérios aos dentes. Por serem de fermentação fácil, esses alimentos favorecem a proliferação de bactérias relacionadas à formação de cárie e à inflamação da gengiva.

7. Pare de fumar e viva melhor
De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), além de causar manchas amarelas nos dentes, a fumaça do cigarro pode alterar a estrutura do esmalte e da camada que fica logo abaixo dele, a dentina. Ela também modifica as propriedades da resina composta, material utilizado em restaurações dentárias. Tudo isso sem contar as substâncias cancerígenas presentes nele.

8. Friozinho e chá? Diga NÃO.
Quando consumidos em excesso, tanto o chá como o café podem provocar manchas nos dentes. E, embora alguns estudos mostrem que o chá verde ajuda na redução de doenças gengivais, pois a catequina, substância encontrada nessa bebida, tem efeito antioxidante, o seu alto consumo também pode manchar os dentes. Por isso, consumi-lo com moderação e tomar água ao logo do dia são medidas que minimizam esses efeitos.

9. Fale com seu dentista para escolher seu enxaguante bucal
Isso porque, os antissépticos bucais que contêm digluconato de clorexidina (substâncias que têm ação bactericida) têm restrição de uso, pois possuem efeitos adversos como perda de paladar, sensação de ardência e manchas na superfície dos dentes. Esse tipo de produto deve ser utilizado apenas por indicação do dentista e por tempo determinado.

10. Bruxismo: procure tratamento
O ato involuntário de ranger os dentes, além de causar dores na mandíbula e na cabeça, pode mudar o aspecto do rosto e até alterar o esmalte dos dentes. Para esse problema, a melhor coisa a se fazer é procurar um especialista capaz de indicar o melhor tratamento.


com informações de: Terra

veja também