Chances de desenvolver demência aumenta com obesidade na faixa dos 30 anos

Segundo pesquisa inglesa afirma que descuido de peso aos 30 anos.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 25 Agosto de 2014 as 10:29

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, descobriram que descuidar da alimentação e a falta de atividades físicas aos 30 anos, pode elevar riscos de desenvolver demência quando mais velho. Isso deve-se ao fator que ajuda a acelerar a perda de memória e deteriorar outras funções do cérebro. Segundo os especialistas, as chances de adquirir a doença umenta ou dimuniu dependendo da idade que o controle do peso fica descontrolado.
As informações foram retiradas do site inglês Daily Mail.

obesidade,doença,pesquisaPara a pesquisa, foram ouvidas quase meio milhão de pessoas, que conclui que a obesidade na velhice não é considerada um fator de risco determinante como é ao longo dos 30 anos.

Foi levantado que que ser obeso nesta faixa etária aumenta em três vezes as chances do diagnóstico de demência aparecer ainda mais cedo, entre os 40 e 50 anos. Este mesmo número cai para 70% de chance para aqueles que estão obesos aos 40 anos e para 50% aos 50 anos. Para pessoas acima do peso com mais de 80 anos, o risco é reduzido para 22%.

Os responsáveis ainda não sabem exatamente como o peso influencia no surgimento da doença, mas sugerem que o trabalho das artérias e a pressão sanguínea sejam os responsáveis.

"Descobrir que pessoas obesas aos 30 anos têm três vezes mais chances de terem demência é importate, mas é difícil desenhar um panorama com as limitações do estudo que observou que apenas 19 pessoas de um grupo de 451.232 estavam acima do peso aos 30 anos e tiveram demência na velhice", explica o especialista Dr. Clare Walton.

 


com informações de: Terra

veja também