Conheça 8 motivos para tomar chá verde

Conheça 8 motivos para tomar chá verde

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 30 Abril de 2014 as 10:35

Poucos conhecem os benefícios do chá verde. A bebida é recomendada a ficar no cardápio de todos que se preocupam com a saúde, como combater doenças como

neurodegenerativas e cardiovasculares, osteoporose e até câncer. Mas, para tirar proveito de tudo isso, é preciso ingeri-lo diariamente. "O ideal é tomar cerca de 3 xícaras de 200 ml ao dia", recomenda a nutricionista Márcia Nishiyama, professora da Universidade Federal da Fronteira do Sul (UFFS), no Paraná.

Conheça os benefícios do chá verde para sua vida.

Melhorar a memória

"Esse alimento é rico em catequinas, que têm ação antioxidante e melhoram a comunicação entre os neurônios, além de evitar que eles envelheçam", explica a nutróloga Valéria Goulart, coordenadora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Aumentar a concentração

Por conter cafeína, o chá verde faz com que a pessoa fique mais atenta e alerta. Segundo um estudo holandês, publicado no renomado periódico American Journal of Clinical Nutrition, tomar chá pode conferir mais concentração. Os participantes que ingeriram de 2 a 3 xícaras da bebida num período de 90 minutos se sentiram mais focados em testes realizados no levantamento. E isso vale também para o chá verde.

Ossos saudáveis

Graças às altas doses de polifenóis - antioxidantes benéficos à saúde -, o chá verde deixa a estrutura óssea firme e forte, afastando males como artrite e osteoporose. Pelo menos foi o que demonstraram dois estudos publicados no American Journal of Clinical Nutrition. Em um deles, o consumo desse chá foi associado a um risco 50% menor de homens e mulheres sofrerem fraturas no quadril após os 50 anos de idade. No outro, 150 voluntárias que já haviam passado pela menopausa tomaram entre 4 e 6 xícaras diárias da bebida. Com isso, os cientistas notaram, entre outras coisas, uma melhora na formação óssea e uma redução dos processos inflamatórios que podem danificar o esqueleto.

Perder peso

O chá verde, se associado a hábitos saudáveis e exercícios físicos, ajuda na perda de peso, pois tem ação termogênica. E novas pesquisas vêm endossar a ação emagrecedora da bebida. Uma investigação da Universidade Maastricht, na Holanda, concluiu que as catequinas e a cafeína presentes no chá aceleram a queima calórica, ajudando, assim, na redução de peso. Em outro estudo - esse das universidades de Surray e Glasgow, ambas no Reino Unido -, indivíduos que incluíram o chá verde na dieta perderam quase dois quilos em 12 semanas.

Reduzir o risco de câncer

As responsáveis por esse benefício são elas de novo: as substâncias antioxidantes, que protegem as células contra os danos dos radicais livres, moléculas que prejudicam o equilíbrio celular e abrem portas para males como câncer e Alzheimer.

chá verdeProteger o coração

Outro talento do chá verde é blindar o peito. Dessa vez, o mérito é dos flavonoides, que também têm ação antioxidante e agem em defesa das células. Além de aumentar a produção de óxido nítrico - substância importante para a redução da pressão arterial -, eles resguardam a parede interna dos vasos de lesões, afastando uma série de encrencas. "Estudos mostram ainda que os flavonoides do chá verde contribuem para a redução do colesterol", lembra o fisiopatologista Antonio Sanjuliani, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Prevenir derrame

Uma pesquisa do Centro Cerebral e Cardiovascular Nacional do Japão concluiu que o hábito de beber chá verde e café diminui a probabilidade de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Os cientistas acompanharam, por 13 anos, cerca de 83 mil japoneses com idades entre 45 e 74 anos. Os resultados apontaram que aqueles que tomavam pelo menos 4 xícaras por dia apresentavam um risco até 30% menor de passar por um AVC. Os autores do estudo acreditam que isso se deve - mais uma vez - à ação anti-inflamatória e antioxidante das catequinas.

Melhorar o humor

Quando você não estiver nos seus melhores dias, tome chá verde. É que a bebida possui um aminoácido chamado L-theanina, que age no cérebro liberando neurotransmissores que aumentam a sensação de bem-estar. "Ela eleva a liberação de serotonina, ligada ao prazer", diz Valéria Goulart.

Com informações de: M de Mulher

veja também