Conheça a dieta nórdica que reduz quadro de diabetes e hipertensão

Dieta comprovou diferença no funcionamento de até 128 genes no tecido adiposo

fonte: Guiame, com informações de Terra

Atualizado: Terça-feira, 20 Janeiro de 2015 as 9:50

dieta nórdica
dieta nórdica

Uma alimentação saudável é garantir uma boa saúde e prevenir-se de futuras doenças. Consumir alimentos como peixes, vegetais, frutas vermelhas e óleo de colza, faz parte da dieta nórdica, que pode prevenir a inflamação de células de gordura abaixo da pele, que associa-se de várias doenças crônicas relacionadas com a obesidade, como diabetes e hipertensão, mesmo sem haver perda de peso. Essa é a conclusão de uma pesquisa da Universidade do leste da Finlândia. Um outro levantamento realizado pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, comprovou que a dieta também ajuda a eliminar quilos extras. As informações são do jornal Daily Mail.

A pesquisa contou com a participação de homens e mulheres de meia-idade que tinham pelo menos duas características da síndrome metabólica, uma combinação de diabetes, pressão alta e obesidade. Durante um período de 8 a 24 semanas, metade dos participantes seguiram a dieta nórdica, enquanto o grupo controle ingeria grãos de baixo teor de fibra, composições pastosas à base de manteiga e consumo limitado de peixes. Todos tinham que manter o peso corporal durante o estudo.

Foram colhidos amostras de tecido adiposo, colhidas no início e no fim da pesquisa. Identificou-se diferenças no funcionamento de até 128 genes no tecido adiposo como resultado da dieta nórdica, sendo que a expressão de vários deles associados à inflamação foi menor do que no grupo de controle.

Os pesquisadores da Universidade de Copenhague concluíram que pessoas com excesso de peso que apostaram na dieta saudável perderam três vezes mais peso que aquelas que consomem pratos mais típicos do país, como almôndegas, pizza e espaguete.

 

veja também