Conheça os sete benefícios que as frutas vermelhas nos proporciona

Morango, Mirtilo,cereja, entre outras, possuem grandes benefícios para nossa saúde. Saiba o poder benéfico de cada uma delas.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 19 Dezembro de 2014 as 1:32

Presente em nossa rotina de alimentação diária, as frutas vermelhas são mais do que saborosas. As frutas como morango, cereja,mirtilo e outras da mesma coloração contém diversos fitonutrientes (antioxidantes) que ajudam na manutenção do organismo por conter alta concentração de vitamina C. O que poucas pessoas não sabem é que esses antioxidantes combatem os efeitos degenerativos dos radicais livres e retardam ainda o crescimento de células cancerígenas. "Quanto mais escura for à coloração do alimento mais concentração de fitonutrientes ele tem", explica a nutricionista, Isabel Andrade, especializada em Nutrição Clínica e Esportiva.

Além de ser pouco calórica, o morango é rico nas vitaminas C, A, E, B5 e B6 e em minerais como fósforo, magnésio e potássio, estes três últimos fundamentais para regular o sistema nervoso e ainda ajudam a saúde muscular. Além disso, o morango é uma das frutas com a menor quantidade de carboidratos e possui bioflavonoides com ação anticancerígena, como a antocianina (compostos que dão cor aos frutos envolvidos) e o ácido elágico. "O ácido elágico evita danos celulares diminuindo a ameaça de tumores principalmente no aparelho digestivo. Isso é um dos motivos para o morango ser cada vez mais associado à longevidade", ressalta Isabel.

De mesma coloração da jabuticaba, o mirtilo ou blueberry também é do time das frutas vermelhas campeãs para a saúde. A fruta contém grandes quantidades de vitaminas A e B, contém substâncias que combatem os radicais livres, produzem ação anti-inflamatória, melhoram a circulação sanguínea, reduzem o colesterol ruim e ainda na saúde dos olhos. "O mirtilo pode ser consumidos in natura ou após processamento por congelamento, desidratação, enlatamento ou produção de geleias ou licores, sucos, sorvetes e doces em geral", recomenda a nutricionista do Mixirica, Cinthia Julião.

A melancia, por sua vez, possui uma vantagem. Além de ser extremamente rica em água, possui nutrientes importantes como carboidratos, sais minerais, ferro, cálcio, fósforo, potássio e vitaminas do complexo A, B e C. "Estudos comprovam que a melancia é um alimento que possui poderosos agentes antioxidantes que são muito eficazes na prevenção de doenças malignas. Esses antioxidantes ajudam na limpeza de órgãos como os rins e funcionam como limpadores do estômago e intestino, ajudando na desintoxicação do organismo", explica Isabel.

Melancia
A vitamina A encontrada ajuda na saúde dos olhos e a vitamina B6 ajuda na produção de anticorpos, importante na defesa do corpo. "Os antioxidantes encontrados na fruta ajudam na limpeza de órgãos como rins e funcionam como limpadores do estômago e intestino, ajudando na desintoxicação do organismo. O licopeno previne e ajuda a combater vários tipos de câncer como o de próstata, estômago, pâncreas, bexiga, mama. Já a frutose, carboidrato responsável pelo sabor adocicado, dá um gás em nossa energia ajudando no funcionamento dos nervos, do cérebro, da medula óssea e dos glóbulos vermelhos", explica a nutricionista Isabel Andrade.

Acerola
A acerola contém 100 vezes mais vitamina C do que limão e laranja. Além disso, é fonte de ferro, cálcio e vitaminas do complexo B. "É rica em inúmeros nutrientes e possui boas quantidades de vitaminas A, B1 e B6. Em sua composição encontramos também potássio, fósforo, ferro, magnésio e cálcio. É considerado um ótimo antioxidante", diz Isabel. Na hora de comprar, tanto as acerolas vermelhinhas e amareladas devem estar sem mofo ou qualquer aspecto de "passada".

Mirtilo
Da cor da jabuticaba, o mirtilo ou blueberry também é do time das campeãs para a saúde. A fruta contém grandes quantidades de vitaminas A e B, contém substâncias que combatem os radicais livres, produzem ação anti-inflamatória, melhoram a circulação, reduzem o colesterol ruim e favorecem a saúde dos olhos. "Os frutos podem ser consumidos in natura ou após processamento por congelamento, desidratação, enlatamento ou produção de geleias ou licores, sucos, sorvetes e doces em geral", recomenda a nutricionista do Mixirica, Cinthia Julião.

frutas benéficas,frutas vermelhas,saúdeMorango
O morango, por exemplo, além de ser uma fruta pouco calórica, é rico nas vitaminas C, A, E, B5 e B6 e em minerais como fósforo, magnésio e potássio, um trio fundamental para o sistema nervoso e que ainda ajuda a manter por muito tempo a saúde muscular. Além disso, o morango é uma das frutas com a menor quantidade de carboidratos e possui bioflavonoides com ação anticancerígena como a antocianina (compostos que dão cor aos frutos envolvidos) e o ácido elágico. "Ácido elágico evita danos celulares diminuindo a ameaça de tumores principalmente no aparelho digestivo. Isso é um dos motivos para o morango ser cada vez mais associado à longevidade", reforça Isabel Andrade.

Framboesa
Ótimas para repor as energias por serem ricas em carboidratos e fibras. "Além disso, são ricas em antocianinas, substâncias com ação antioxidante e anti-inflamatória que melhoram a circulação e previnem danos nas artérias, o que diminui o risco de doenças cardiovasculares", explica a nutricionista Isabel Andrade, especialista em Alimentação Vegana, Vegetarianismo e Gastronomia Saudável.

Amora
Ricas em cálcio (muito eficaz no combate a osteoporose, por exemplo), vitamina C, fibras, ferro e antioxidantes, a amora é uma fruta de baixa caloria: cerca de 50 calorias em 100 gramas. As antocianinas encontradas na amora ajudam a reverter os danos celulares causados pelos radicais livres. A fruta ainda auxilia no combate a inflamações. A mais comum é a amora de cor avermelhada que fica preta quando madura. O consumo cru ou nos sucos é a melhor forma de obter todos os nutrientes da fruta.

Cereja
Contém muitas fibras que auxiliam no funcionamento do intestino e ajudam a aumentar a saciedade, o que, de certa forma, ajuda no emagrecimento. Por ser rica em ácido salicílico, a cereja é indicada no tratamento de doenças como reumatismo, gota, artrite e na redução do ácido úrico. "É a fruta ideal para quem tem insônia porque contém melatonina, um hormônio que regula os ciclos de sono do corpo. Além disso, possui antocianinas, antioxidante que é bom para o cérebro e que ajuda a manter a boa memória", recomenda a nutricionista Cinthia Julião.

 

com informações de: MSN 

 

veja também