Conheça três tratamentos caseiros para clarear os dentes em semanas

Saiba mais sobre os tratamentos que podem clarear os dentes em casa em uma semana.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 21 Novembro de 2014 as 1:41

Para conseguir dentes mais brancos, muitos recorrem à tratamentos estéticos garantidos no consultório. Outros, procuram testar os produtos disponíveis no mercado, mas não conseguem o resultado desejado.

Os dentes amarelam com o passar dos anos, e alguns alimentos tende a facilitar as manchas. Quem realiza boa higiene oral, faz visitas regulares ao dentista, não fuma e não exagera na ingestão de alimentos como açúcar, café, chá e refrigerantes, tem menos chances de ter o sorriso manchado. 

Segundo o dentista Ricardo Martinelli, do Instituto Martinelli, explica que para que o branqueamento seja eficiente e saudável, devem ser usados produtos clareadores contendo peróxido de hidrogênio. ‘Eles introduzem oxigênio na estrutura dental e promovem a quebra das moléculas de pigmento, amenizando as manchas’. Ele conta ainda que existem também produtos abrasivos, como o bicarbonato de sódio e algumas pastas de dente clareadoras, que podem causar desgaste excessivo do esmalte dental, causando retrações gengivais e, posteriormente, sensibilidade dentinária, que é aquela sensação dolorosa quando se toma algo gelado ou muito doce.

clareamento de dentesExiste um tratamento caseiro que ajudam a conquistar dentes brancos em uma semana. Esse tratamento começa a dar resultado após o quinto dia de aplicação. O dentista irá, primeiramente, realizar um exame clínico para avaliar a estrutura dental, em seguida, a cor inicial será avaliada, graduada de acordo com uma escala de cor e registrada através de fotografias. A segunda etapa é a moldagem total da boca para a confecção de moldeira individualizada e, em seguida, é feita a entrega do material clareador para o paciente, juntamente com as instruções de uso. ‘Atualmente é recomendada a utilização noturna de quatro a seis horas durante duas semanas, podendo ser prolongada por até quatro semanas, dependendo do resultado obtido e do pretendido’, explica Ricardo Martinelli.

O paciente deve retornar semanalmente ao consultório para mensurar o grau de sensibilidade dos dentes e ajustar a concentração do material e o tempo de uso diário do gel. A finalização é feita com aplicação de gel flúor neutro, seguida por fotos finais e comparação entre as imagens iniciais e finais.

Já o clareamento no consultório, é feito com um produto muito mais forte que o clareamento caseiro e necessita de cuidado do profissional para não lesionar a mucosa ou a polpa dental (o nervo do dente). ‘Para efeito de comparação, o produto usado no clareamento caseiro possui uma concentração aproximada de 5% a 7% de peróxido de hidrogênio e o usado no consultório tem concentração de 35% a 38%’, explica o dentista.

Depois de aplicado o gel clareador nos dentes, é feita a exposição à luz do tipo led ou ao laser, que irá ativar a reação química do produto, acelerando o branqueamento.

Segundo Ricardo Martinelli, atualmente o uso do clareamento no consultório está limitado às pessoas que não possuem a disciplina necessária para conseguir resultado satisfatório com a técnica caseira. ‘A técnica atualmente mais aceita do ponto de vista científico é a caseira, que promove um branqueamento seguro, com menos sensibilidade e com maior duração’, explica. Os resultados das duas técnicas, em termos de clareamento, serão muito parecidos, o que muda é que, no consultório, os resultados são imediatos.

O outro tratamento são as fitas adesivas. De acordo com Normando Scarabotto explica que as fitas dentárias clareadoras, comumente compradas nas farmácias, devem ser fixadas aos dentes duas vezes ao dia, permanecendo na boca durante trinta minutos. “O gel que existe na fita fica em contato com o esmalte do dente, onde as moléculas oxidantes existentes no produto liberam oxigênio, que quebra as moléculas dos pigmentos que escurecem os dentes”, conta. Segundo os fabricantes, os resultados começam a ser vistos em cerca de três dias. No entanto o dentista esclarece que, apesar de funcionar, o procedimento é mais lento e acaba saindo mais caro do que as medidas que podem ser tomadas por um dentista.

 

com informações de: Bolsa de Mulher

 

veja também