Deixar de ir ao dentista pode causar dores de cabela e doenças cardiacas

Segundo IBGE, 18% dos brasileiros nunca foram ao dentista

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 3 Abril de 2014 as 1:59

Deixar de realizar visitas ao dentistas, pode causar além das doenças bucais, dores de cabeça e doenças do coração. O tártaro acumulado pode causar problemas nas gengivas, cáries podem surgir e destruir os dentes e outros órgãos do corpo podem ficar doentes com as bactérias vindas da boca.

dor de cabeçaSegundo uma pesquisa com dados divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que 17% dos brasileiros, nunca foram ao dentista. Entre as razões estão a falta de condições financeiras e de locomoção da população, falta de ações preventivas e educativas nas escolas e pouco investimento do governo para atendimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“O maior problema da demora em ir ao dentista, ou de ficar anos sem ter a primeira consulta, é que, quando o paciente finalmente vai consultar, já chega com o quadro grave, tendo de extrair os dentes”, observa o presidente do Sindicato dos Odontologistas do Estado de São Paulo (SOESP), Pedro Petrere.
O problema poderia ser evitado se houvesse conhecimento sobre escovação dentária apropriada e prevenção de cáries também for deficiente, as bactérias irão acumular na gengiva e nos dentes, causando desde tártaro (que deveria ser removido a cada seis meses) e cáries, até problemas gengivais como periodontite (inflamação da gengiva que pode levar ao afrouxamento dos dentes) e paradentose (amolecimento dos dentes).

De acordo com Petrere, em São Paulo, o tempo de espera para uma consulta chega a ser de seis a oito meses pelo SUS. “Quando o Estado abriu para fazer próteses, a espera chegava a quatro anos”. Para o dentista, é preciso aumentar o investimento na área, com mais recursos para materiais, além de voltar a colocar dentistas nas escolas, ação que, segundo ele, era promovida pelo pode rpúblico há alguns anos para tratar e prevenir problemas de saúde bucal nos estudantes.


Com informações de: MSN

veja também