Funcionários são retirados pela OMS após funcionário ser contaminado

Porta-voz diz que medida é temporária. Colaborador foi infectado após realizar testes da doença no leste da Serra Leoa

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 26 Agosto de 2014 as 2:46

Funcionários de laboratório em Kailahun, no leste da Serra Leoa, foi retirado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), após um funcionário ser infectado realizando testes de Ebola. É o que informa o porta-voz da OMS nesta terça-feira, 26.

"Essa é uma medida temporária para cuidador do bem-estar dos nossos trabalhadores remanescentes", disse o porta-voz da OMS Christy Feig à Reuters. "Depois de nossa avaliação, eles vão voltar."

Ebola,doença,OMS

A Organização enviou cerca de 400 pessoas de seu pessoal próprio e de organizaçãos parceiras para combater o surto de Ebola na África Ocidental. A entidade disse no último domingo, que um trabalhador estrangeiro enviado para Serra Leoa tinha se infectado.


com informações de: Estadão

 

veja também