Gordura saturada não prejudica o coração

Segundo estudo, não há relação entre a quantidade de gorduras no sangue e risco de infarto

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 1 Abril de 2014 as 10:42

Um estudo realizado na Universidade de Cambridge, conduzido por um grupo capitaneado pelo cientista Rajiv Chowdhury, descobriu que uma alimentação rica em gorduras saturadas não coloca em risco a saúde do coração. Segundo Chowdhury, "esses resultados devem encorajar uma atenta revisão das atuais linhas utilizadas para guiar a nutrição das pessoas".

Gordura saturada não prejudica o coraçãoForam revisados 72 estudos que envolvia mais de 600 mil pessoas, e não foi encontrada nenhuma associação entre a quantidade de gorduras saturadas no sangue e na dieta de uma pessoa e o risco coronário (infarto) que isso possa causar. A análise também põe em dúvida as recomendações de consumo de gorduras insaturadas (especialmente, ômega 3 e ômega 6), pois não foram encontrados dados que deem suporte a tal recomendação. Eles também ressaltaram que foi encontrada uma pequena relação de que essas gorduras podem gerar riscos para o coração.

As gorduras saturadas são encontradas em produtos de origem animal, especialmente nas carnes vermelhas e brancas, leite e derivados. Já as insaturadas estão presentes no azeite de oliva, salmão, abacate, semente de linhaça, entre outros.

 

Com informações de: Viva Bem

veja também