Mau hálito é motivo de discriminação e estagnação profissional

Halitose é motivo de pessoas perderem o emprego e causar discriminação silenciosa.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 9 Dezembro de 2014 as 10:45

Pessoas que sofrem de mal hálito tendem a enfrentar muito mais problemas do que se imagina. Ter halitose hoje em dia pode causar a exclusão social, solidão, fim de relacionamentos afetivos, além de prejudicar o crescimento profissional.

O motivo é a dificuldade de conviver em um ambiente de trabalho com pessoas que sofrem desse sintoma.  “E por julgar constrangedor informar que a pessoa tem mau hálito, a sociedade costuma discriminá-los em silêncio. E, como quem tem halitose na maioria das vezes não sente o próprio hálito, a pessoa fica sem saber o motivo pelo qual está sendo preterida e acaba sofrendo por isso”, diz Ana Kolbe, fundadora e presidente da Associação Baiana de Estudos e Pesquisa dos Odores da Boca (ABPO-BA).

halitose

Quando a pessoa descobre o problema, a situação fica ainda pior, pois ela muda seu jeito e se torna mais fechada para evitar qualquer tipo de vexame ou rejeição. “As pessoas que são portadoras de halitose consciente falam pouco, colocam a mão na boca quando falam, falam de longe ou falam com a cabeça voltada para baixo”, diz a especialista. 

O que ocorre também é a dificuldade de crescer no emprego, estaciona. “Existem casos de pessoas que se tornam verdadeiros eremitas. Temos na clínica relatos de pacientes que participam de reuniões no seu trabalho e que não colocam suas sugestões para não ter que falar e muitos acreditam que perderam oportunidades de crescer profissionalmente por causa disso”, diz Ana. 

Por conta desse problema, os profissionais que precisam ter mais contato direto com as pessoas para se destacarem, como professores e vendedores, são os que mais sofrem e se prejudicam com a halitose. Aqueles que estão procurando um emprego novo, participando de um processo seletivo, também podem acabar perdendo boas oportunidades. “Em uma seleção de emprego fatalmente o portador de halitose sofrerá descriminação, assim como nos relacionamentos pessoais. Eu tenho relatos de pais que afirmam que as filhas não casaram por causa da halitose”, afirma a especialista. 

 

 

com informações de: Terra

veja também