O poder das nuts para o equilíbrio da saúde

Amendoins, nozes, amêndoas, castanhas de caju, macadâmias e pistaches podem contribuir para o equilibro nutricional.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 9 Dezembro de 2016 as 10:11

Nuts são frutinhas oleaginosas ricas em proteínas, fibras, antioxidantes e gorduras monoinsaturadas. (Foto: Reprodução)
Nuts são frutinhas oleaginosas ricas em proteínas, fibras, antioxidantes e gorduras monoinsaturadas. (Foto: Reprodução)

As nuts são frutinhas oleaginosas ricas em proteínas, fibras, antioxidantes e gorduras monoinsaturadas, as gorduras boas. Não faz muito tempo que deixaram de fazer parte somente do cardápio de Natal e passaram a integrar o consumo habitual dos brasileiros. Não à toa, mas em razão do agradável paladar e da excelente contribuição nutricional que oferecem os amendoins, pecans, nozes, amêndoas, castanha de caju, castanha do Pará, castanha do baru, macadâmias e pistaches à nossa saúde.

Cada uma das nuts, no entanto, tem o seu conteúdo próprio de nutrientes essenciais, de forma que quando consumidas juntas, e com moderação, oferecem uma boa dose de vitaminas do complexo B, vitaminas C e E, cálcio, ferro, zinco, selênio e demais compostos naturalmente antioxidantes.

Assim sendo, para a obtenção mais completa dos benefícios à saúde, é recomendada a ingestão diária de 20g a 30g de um mix dessas oleaginosas. Quantidade esta, capaz de contribuir para a redução do mau colesterol (LDL-c), prevenir doenças cardiovasculares, melhorar a ação da insulina e a memória, fortalecer os ossos e dentes, reduzir o risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer e fornecer uma barreira antioxidante e anti-inflamatória ao corpo.

Posto isso, as barras de nuts são uma ótima opção para consumir essas oleaginosas já porcionadas na quantidade diária recomendada. E, de fato, as barrinhas de nuts, além de bastante saborosas, têm surgido como uma melhor alternativa em relação a outras barras existentes no mercado, como as já conhecidas barras de granola e cereais.

Creio, no entanto, que a maior ressalva em relação ao consumo habitual das oleaginosas seja conseguir comê-las com moderação, para que de fato possam nos emagrecer. Parece ser bem difícil conseguir parar somente nas recomendadas 20g, ou um punhado dessas oleaginosas, quando o apetite aperta. É exatamente por isso, e pelo custo-benefício, que as barrinhas de nuts são tão bem recomendadas por nutricionistas como uma opção saudável para consumo em refeições intermediárias, como os lanches, especialmente no lugar de salgadinhos, biscoitos e outros menos nutritivos.

Resumindo, além de facilitar o consumo na medida certa, as barrinhas de nuts facilmente matam aquela inquietação do dia que só passa depois que a ansiedade é silenciada por um doce. Ademais, possuem uma composição própria que assegura uma das sensações mais importantes para o controle de peso: a saciedade. É, portanto, uma opção de um lanche completo com proteínas, fibras, antioxidantes, gorduras emagrecedoras, poucos carboidratos, mas bastante prática, saudável e saborosa.

* Dra. Klara Rahmann – Nutricionista formada pela Faculdade de Saúde Pública - USP. Especialista em Nutrição Clínica, Esportiva e Obesidade. Em sua carreira, já atuou em ambulatório e hospital. Possui ampla experiência em atendimentos personalizados nas áreas Clínica e Esportiva da Nutrição, tanto para adultos quanto para crianças, com foco em mudança da composição corporal, saúde e qualidade de vida. Atualmente, também atua como Consultora Técnica da Enova Foods.

veja também