Por surto de ebola, Serra Leoa proíbe festas públicas de fim de ano

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 12 Dezembro de 2014 as 3:48

O diretor da Comissão Nacional de Resposta contra o Ebola, Paolo Conteh, informou nesta sexta-feira, 12, a proibição de festas públicas de fim de ano para impedir a expansão da epidemia de ebola no país, onde já foram confirmadas 1.648 mortes por causa da doença.

Foi recomendado para que a população deverá passar as festas natalinas em casa, com suas famílias, enquanto as ruas serão patrulhadas por soldados, advertiu Conteh.

Ebola

Na mesma linha, o presidente de Serra Leoa, Ernest Bai Koroma, pediu aos líderes e chefes tribais que impeçam as práticas tradicionais para pôr fim ao surto de ebola no país.

"A doença começou na fronteira e agora está na cidade. Cerca de duas mil pessoas morreram pelo surto", lamentou.

Apesar da ajuda internacional, os casos seguem aumentando, sobretudo em Western Área, Port Loko e Bombali, detalhou o presidente.

 

com informações de: 

veja também