Rotina de atividade física não basta para ter vida saudável

Segundo médica, praticar o sedentarismo após uma série de exercícios não contribui para uma vida saudável

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 4 Abril de 2014 as 9:24

Esta mais do que provado que para ter uma vida saudável, alimentação e atividades físicas, contribuem para o bem estar. Mas segundo alerta da pela 
médica especialista em reabilitação e assessora do Programa Agita São Paulo, Sandra Matsudo, em entrevista à Agência Efe, praticar atividades físicas periódicas durante a semana, pode não ser suficiente para ter uma vida saudável. Isso quando são associados a hábitos sedentárioos ao longo do dia, como passando várias horas sentado.

"Academia é bom, vai melhorar o condicionamento, mas é preciso lembrar de diminuir o comportamento sedentário nos outros dias em que não se está na academia", alerta a médica.

atividades físicasÉ destacado por ela que aqueles que não praticam sedentarismo se encaixam em um duas categorias: atividade física moderada (que realiza caminhadas pelo menos 5 dias da semana 30 minutos por dia) e as de atividade física vigorosa (frequentadores de academia com treinos mais intensos).

As recoemndações para cada categoria variam de 75 minutos semanais para atividades mais intensas até 150 minutos semanais para as atividades mais moderadas, indica Sandra.
Ela ainda alerta que estas indicações se referem ao "mínimo que uma pessoa precisa para garantir saúde e minimizar o risco das doenças crônicas" e que é preciso estender essa atividade para o dia a dia.

O que muitos se enganam, é pensar que por terem cumprido essa carga horária, não precisam realizar mais nenhuma atividade no resto do dia ou no resto da semana.

"É preciso lembrar que o tempo que passamos sentados é um fator de risco independente do que façamos em termos de atividade física", ressalta a médica, destacando que, guardados os devidos limites de cada pessoa, quanto mais atividade física é feita, maior é o ganho em saúde.


Com informações de: Terra

veja também