Saiba como engordar em casa

Veja como é possível ganhar peso em casa e como se livrar do aumento de peso.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 20 Outubro de 2014 as 10:12

Ao contrário do que muitos dizem, é possível engordar em casa.Mas saiba que é possível se livrar dos excesso em casa.

O site da revista americana Health listou 10 erros comuns e como evitá-los.

Armários cheios

Se a sua despensa está completamente cheia e você começa a ter que colocar produtos também no balcão, geladeira ou mesa, você aumenta o risco de petiscar. “Um saco de batatas fritas ou doces vai colocar a comida em seu radar quando você passar por ela. No minuto em que vê a dica visual, vai querer isso”, disse a médica Sherry Pagoto, professora na divisão de medicina preventiva e comportamental da Escola de Medicina da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Solução: Limpe a sua despensa regularmente. Livre-a de alimentos vencidos e dos produtos de que não gosta muito, mas que se obriga a ter. Tente comprar menos guloseimas. Tenha planos alternativos de armazenamento mais “escondidos”, como um armário no porão.

Alimentos saudáveis escondidos

Se a comida saudável fica escondida, é menos provável que vá comê-la. Por exemplo, manter frutas que não precisam de refrigeração, como maçã e pera, em uma gaveta da geladeira.

Solução: Compre uma fruteira bonita e preencha-a com frutas que podem ficar fora da geladeira. Assim, estarão sempre à vista, aumentando as chances de comê-las. Deixe legumes pré-cortados em recipientes transparentes na parte da frente da geladeira, assim não tem desculpa da preguiça de cortá-los para comer.

Casa quente

Se você controla a temperatura da sua casa por meio do ar-condicionado ou aquecedor, tome cuidado para não deixá-la muito quentinha e agradável. É que, assim, seu corpo não tem que trabalhar para gastar energia para se aquecer, o que pode colaborar com quilinhos a mais, segundo estudo da Trends in Endocrinology & Metabolism.

Solução: Reduza alguns graus no termostato. O frio ativa a gordura marrom, que estimula o metabolismo e melhora a sensibilidade à glicose. Para a mudança não ser muito brusca, diminua a temperatura gradualmente para se adaptar a ela.

Aparelhos de exercício escondidos

Os equipamentos para fazer exercícios, como colchonete e halteres, costumam ficar escondidos para evitar que visitas inesperadas se deparem com a casa bagunçada. Mas quantas vezes essas visitas realmente acontecem? “Quando a sua opção é usar uma esteira coberta de teias de aranha ou se sentar em um grande sofá confortável na frente da TV, não surpreende que você escolha a TV”, disse a médica Sherry.

Solução: Mantenha os halteres ao lado do seu sofá para que se lembre de usá-los. Coloque o tapete de ioga e a bicicleta ergométrica em um espaço da casa convidativo, como ao lado de uma janela com uma bela vista.

Você sai com pessoas erradas

“Olhe quem são seus amigos. Você vai ter um comportamento semelhante ao das pessoas que passam muito tempo com você”, afirmou James O. Hill, PhD, diretor do Centro de Pesquisa de Nutrição e Obesidade de Colorado, nos Estados Unidos. Assim, se seus amigos são mais do tipo que prefere se sentar para beber cerveja e comer batatas fritas, então você tem grandes chances de ser assim também.

Solução: Ninguém está dizendo que deve perder seus amigos só porque têm maus hábitos alimentares. “Olhe para os amigos que estão fazendo a coisa certa e tenha-os mais ao seu redor”, sugeriu Hill. Se são mais ativos e gostam de comer alimentos nutritivos, você fica mais propenso a adotar seus hábitos. Por outro lado, a sua nova atitude pode servir de exemplo para os amigos sedentários e com alimentação desequilibrada.

Luzes fracas

Quando você não dorme o suficiente, seu corpo embaralha os níveis de hormônios que controlam a fome, fazendo com que almeje alimentos não-saudáveis. Em um estudo do International Journal of Endocrinology, adultos privados de sono que foram expostos à luz fraca da manhã tinham concentrações mais baixas do hormônio leptina, que faz com que se sinta satisfeito, em comparação com aqueles expostos a lâmpadas eficientes em termos energéticos.
Solução: Quando acordar, abre as cortinas para permitir que a luz solar natural entre nos ambientes e ligue as lâmpadas. Além de melhorar no quesito hormonal, também ajuda a despertar mais rápido.

Servir comida na mesa de jantar

É fácil pegar uma colher extra de batata ou macarrão quando tudo está disposto na mesa de jantar, mesmo quando não está realmente com fome.

Solução: Deixe a comida nas panelas e se levante para colocá-la no prato. Essa estratégia diminuiu a ingestão alimentar em 10% para mulheres em um estudo da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos. Outro truque, recomendado pela médica Sherry, é tirar os alimentos das panelas e guardá-los na geladeira. Assim, se ficar com vontade de comer mais, vai ter que passar pela dificuldade de reaquecimento, o que a maioria das pessoas não vai colocar em prática. No mínimo, a medida dá ao seu corpo tempo para se sentir completo, assim terá uma repetição menor.

Casa acolhedora à noite

Você chega a sua casa, janta, coloca o pijama e se joga no sofá? Esse modo sonolento e sedentário significa que está começando a noite antes do necessário.

Solução: Coloque roupas próprias para atividade física, ligue as luzes e ouça uma música energizante depois do jantar. Um estudo divulgado no PLOS One descobriu que as pessoas andam em um ritmo mais rápido com melodias otimistas em relação às mais lentas e relaxantes. Com maior energia, você também tem mais chances de sair e fazer uma caminhada.

Muitas TVs

Passar muito tempo em frente à TV está associado a um maior risco de estar acima do peso ou de se tornar obeso. “Tempo de TV é tempo de sedentarismo”, comentou Hill.

Solução: Você não tem que se livrar da TV completamente. No entanto, considere remover o aparelho do quarto (especialistas recomendam manter essa área apenas para sexo e dormir) e cozinha (TV incentiva petiscos). Em seguida, seja seletivo com o que assiste, assim só verá o que realmente gosta em vez de conferir atrações sem graça apenas para passar o tempo. Reduza o tempo de TV e você fica mais propenso a ser mais ativo.

Pratos e bowls muito grandes

Subconscientemente, as pessoas querem preencher o espaço de pratos, bowls, taças. Se forem grandes, a ingestão, portanto, será maior. Um estudo indicou que adultos e crianças colocam mais cereais em grandes tigelas e consomem, assim, 44% mais calorias.

Solução: Para diminuir o tamanho das porções, aposte em pratos e tigelas menores.


Com informações de: Terra

 

 

 

 

 

 

 

veja também