Substância encontrada em veneno de aranha pode conter elementos para analgésicos

Pesquisadores encontraram sete compostos que bloqueiam passo fundamental na capacidade do corpo de enviar sinais de dor ao cérebro

fonte: Guiame, com informações de Band

Atualizado: Sexta-feira, 13 Março de 2015 as 10:31

Aranha
Aranha

A ciência a cada dia encontra as maneiras mais inusitadas para combater doenças. A mais recente foi encontrada em veneno de aranha. Cerca de sete elementos foram encontrados que bloqueiam um passo fundamental na capacidade do corpo humano de enviar sinais de dor ao cérebro.

Na pesquisa, que poderia conduzir a uma nova classe de analgésicos potentes, os cientistas se concentraram em 206 espécies de aranha e procuraram moléculas no veneno que bloqueiem a atividade dos nervos, especialmente através dos chamados "canais Nav1.7".

Os cientistas estimam que, pelo menos, uma em cada cinco pessoas no mundo sofre de dor crônica e os tratamentos existentes muitas vezes não conseguem dar alívio suficiente ou em longo prazo.

Nos Estados Unidos, a estimativa é que a dor crônica custe US$ 600 bilhões por ano.

Os pacientes sentem dor em uma parte do seu corpo, quando os nervos da zona afetada enviam sinais para o cérebro através do chamado “caminho da dor”. Essa é a via que os cientistas procuram bloquear na sua busca de potenciais novos medicamentos para a dor.

"Um composto que bloqueia os canais Nav1.7 é de particular interesse", disse Glenn King, que liderou o estudo na Universidade de Queensland, da Austrália.

 

 

 

veja também