Uso em excesso de descongestionante nasal pode causar doenças

Arritmia cardíaca, pressão alta e trombose, são doenças decorrentes ao uso excessivo de descongestionante nasal

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 1 Setembro de 2014 as 2:33

O clima do inverno deste ano vem oscilando. Assim que a temperatura cai, os francos de descongestionantes nasais logo secam. As doenças de inverno e comum nessas temperaturas como gripe, resfriados e alergias resporatórias costumam dificultar o bem-estar. 

descongestionante nasal,alerta,doençaO uso em excesso desse produto, pode trazer sérias consequências para a saúde. O risco de desenvolver trombose e formação de coágulos, é grande. 

"O alívio da congestão nasal é imediato. Por isso, a pessoa acha que está fazendo um grande negócio. Mas é só um paliativo", diz o otorrinolaringologista Jair de Carvalho e Castro, do Hospital Samaritano do Rio.

De acordo com Carvalho, o correto é buscar ajuda para descobrir e tratar a causa do entupimento das narinas, que pode ser sinusite, desvio de septo ou pólipo nasal, entre outras.

O recomendável é lavar as narinas com soro fisiológico ou solução de água com sal e bicarbonato é uma boa alternativa para aliviar a congestão sem remédios, ensina Jair de Carvalho e Castro. Para quem já se viciou nos descongestionantes, o tratamento é feito com medicamentos orais e injetáveis que visam à recuperação da mucosa do nariz.

 

 

 

 


com informações de: Extra

 

veja também