Teste de vacina contra a malária foi bem sucedido na Guiné

Primeiros testes da vacina foram sucesso na prevenção da doença

fonte: Guiame, com informações de Terra

Atualizado: Segunda-feira, 16 Março de 2015 as 1:32

vacina contra Malária
vacina contra Malária

As autoridades da área da saúde de Guiné, informaram que os primeiros testes de a vacina contra a malária realizadas no Centro Médico La Paz de Sipopo, perto de Malabo, foi um sucesso.

De acordo com as informações divulgadas hoje pelo site do Escritório do governo da Guiné Equatorial, "após quase mais de dois anos de trabalho, os três primeiros voluntários receberam com sucesso a vacina PfSPZ no Centro Médico La Paz de Sipopo".

A vacina PfSPZ, desenvolvida pelo laboratório americano Sanaria Inc., aplicada a três voluntários, "demonstrou ser a possível vacina mais segura e mais eficaz para lutar contra a malária".

O teste, realizado no último dia 7, foi feito por "membros da empresa biotecnológica de Maryland (EUA), Sanaria Inc. que viajaram a Malabo para capacitar os membros locais e ajudar com os preparativos e a formulação de vacinas", segundo a mesma fonte.

A mesma fonte também informou que a vacina gerou "uma resposta imunitária suficientemente forte como para proteger o corpo contra a picada".

No processo de criação da vacina, não só participaram a empresa biotecnológica americana e o pessoal do Ministério da Saúde e Bem-estar Social guineano, como também participou o Ifakara Health Institute (IHI) da Tanzânia.

Dois anos atrás, o governo da Guiné Equatorial investiu cerca de US$ 3 milhões no Programa da Luta contra a Malária, que contribuiu para sua redução na ilha de Bioko.

 

 

 

veja também