Vestir roupas apertadas podem causar azia e outros sintomas que podem afetar a saúde da mulher

Conheça os males contra a saúde da mulher ao usar uma roupa apertada. Fungos e azia estão na lista.

fonte: Guiame, com informações de MSN

Atualizado: Segunda-feira, 12 Janeiro de 2015 as 3:36

roupa apertada
roupa apertada

Não é dificil encontrar uma mulher na rua que não esteja usando uma roupa inadequada a corpo. Apesar de sentir-se com a alto estima elevada, por usar uma roupa justa, peças apertadas podem trazer sérias consequências para a saúde da mulher.

Problemas como celulite e fungos, são algumas dos problemas. Se você é adepta a esse estilo, confira alguns problemas causados por usar roupa apertada.

Má circulação sanguínea: o sangue venoso fica por muito tempo nas pernas e na região abdominal. Dessa forma, ao usar roupas justas, o sangue não consegue circular da forma adequada, gerando compressões;

Celulite: as roupas justas dificultam o bom andamento do tratamento no combate à celulite. Quando existem nódulos de gordura, a circulação sanguínea fica ainda mais difícil agravando o quadro;

Varizes: mais uma vez o uso de roupas justas prejudica a circulação sanguínea, favorecendo o aparecimento das varizes. Nesses casos, o ideal são roupas mais largas e confortáveis;

Azia e refluxo: mais uma vez a calça apertada causa problemas que podem se tornar sérios com o passar do tempo. A calça pressiona o estômago, dilatado por causa da digestão, e faz com que os ácidos vazem para o esôfago. Como consequência, teremos a azia e o refluxo.

Fungos: roupas como calças justas podem favorecer o superaquecimento da região da vagina e criar umidade. Os fungos são consequências deste superaquecimento.

No dia a dia, o ideal é usar e abusar de roupas leves e o menos justas possível. Peças íntimas de algodão são as mais indicadas, já que com esse tecido há menos chance de umidade e, consequentemente, menos chance de ocorrer fungos e corrimentos. O uso de tecidos como o couro também deve ser evitado por períodos prolongados. 

veja também