Whey protein pode causar mau hálito

Cuidar mais do corpo e descuidar da saúde bucal, pode causar constrangimento consumindo o suplemento. Saiba mais.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 15 Dezembro de 2014 as 9:23

Os preparativos com o corpo para o verão já começaram para aqueles que querem aproveitar a temporada praiana. Manter uma rotina saudável não dispensa os cuidados com o restante do corpo. Vale alertar que a saúde começa pela boca. Para evitar problemas futuros bucais, o suplemento whey protein, que virou febre entre os que estão desejando manter a forma, pode causar mau hálito. 

A halitose é causada pela presença de bactérias anaeróbicas na boca (que se acumulam principalmente por causa da diminuição da saliva e da falta de higiene bucal). Essas bactérias se alimentam, entre outras coisas, de muita proteína.

“O whey protein é um alimento muito rico em proteína e, quando consumido em excesso, pode causar mau hálito, pois as bactérias que se alimentam dessas proteínas liberam os CSV (Compostos Sulfurados Voláteis) que são os gases do mau hálito”, diz Jacqueline Chaves Duarte, dentista responsável pela clínica Hálito Puro e membro da ISBOR (International Society of Breath Odor Research).

whey proteinO consumo frequente do suplemento como fazem muitos atletas, as bactérias se proliferam com mais facilidade e rapidez, pois encontram na boca bastante alimento para isso. A junção desses microorganismos com os restos de comida contribuem para a formação da saburra lingual (placa esbranquiçada que se forma no fundo da língua), uma das principais causas do mau hálito.

“Quem faz o consumo desses suplementos com frequência deve beber pelo menos dois litros de água por dia e fazer uso diário do raspador de língua”, diz a especialista.

Alerta para dietas
O cuidado deve acontecer com dietas alimentícias ricas dessa substância. O consumo excessivo de carne, ovos, leites e derivados pode causar na boca o mesmo distúrbio que o whey protein causa. Portanto, uma dieta balanceada, com todos os tipos de alimentos e vitaminas é o mais indicado para a saúde do corpo e da boca.

Suplementos termogênicos
Outros inimigos do hálito fresco são os suplementos termogênicos. Isso porque após o consumo dessas substâncias, que aumentam a temperatura do corpo, o organismo intensifica a produção de suor para reequilibrar a temperatura alterada.

“O suor em excesso faz o atleta perder muitos sais minerais e água e isto pode causar desidratação e boca seca. A boca ressecada começa a descamar e essa escama acaba se depositando na língua, contribuindo também para a formação da saburra lingual”, diz Jacqueline.

Higiene bucal
Apesar do consumo desses suplementos prejudicar a saúde da boca e o frescor do hálito, não há a necessidade de parar de ingeri-los. Mantendo a saúde bucal correta e em dia (com o uso de fio dental e raspadores linguais), consumindo bastante água e fazendo uma dieta balanceada, qualquer inimigo da boca terá menos chance de se desenvolver.

 

com informações de: Terra

 

veja também