Igreja Adventista comemora 120 anos de sua primeira congregação Brasileira

Os representantes das dez famílias pioneiras receberam homenagens, sendo chamadas uma a uma, e também aos pastores que lideraram a região congregacional de Gaspar Alto.

fonte: Guiame, com informações da assessoria

Atualizado: Segunda-feira, 25 Abril de 2016 as 9:26

Líderes da Igreja Adventista da América do Sul, do Sul do Brasil e de Santa Catarina estiveram presentes na celebração. (Foto: ASN).
Líderes da Igreja Adventista da América do Sul, do Sul do Brasil e de Santa Catarina estiveram presentes na celebração. (Foto: ASN).

No Brasil, a Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil comemora uma data bem especial neste ano. Há exatos 120 anos foi oficializada a primeira congregação brasileira, situada em Gaspar Alto (zona rural da cidade de Gaspar). O histórico da denominação revela que no dia 23 de março de 1896, dez famílias, batizadas um ano antes pelo pastor Francisco Westphal, decidiram construir uma igreja para congregar e convidar outros para que aprendessem sobre a mensagem bíblica recém descoberta.

Por isso, no último sábado (23) uma grande celebração no mesmo local fez com que as pessoas projetassem um futuro de esperança olhando com alegria para um passado de fé. “Hoje é um dia especial, porque olhamos para o passado com gratidão, mas também olhamos para o futuro com a certeza de que estamos no caminho certo para irmos para o céu”, comenta o pastor Apolo Abrascio, líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia no centro sul de Santa Catarina.

Tempo de Homenagens

Os representantes das dez famílias pioneiras receberam homenagens, sendo chamadas uma a uma, e também aos pastores que lideraram a região congregacional de Gaspar Alto. “Os pioneiros eram ousados. Eles não ficavam quietos. O meu tio, por exemplo, vendia sua mercadoria de casa em casa e aproveitava para abrir a Bíblia e falava do amor de Deus”, lembra Valdir Heck, um descendente de pioneiros.

Outro ponto interessante foi que a parte musical também foi típica, com canções na língua alemã proferidas pelos familiares. Ao final da programação houve um batismo que emocionou os presentes, em especial aos membros da igreja de Gaspar Alto, que oraram por 50 dias por essa decisão.

A igreja de Gaspar Alto tem hoje cerca de 60 membros e mantém um museu com objetos dos pioneiros usados na antiga congregação (no terreno foi construída um outro templo para melhor receber a congregação). “Essa igreja é um exemplo de paixão pelo ministério. Quando a gente olha a história e vê o quão pouco eles tinham e quanto fizeram, percebemos que essa paixão os impulsionada a ir mais longe. Eles tinham uma paixão por um Deus salvador e esperamos que hoje nos inspire também”, afirmou o pastor Marlinton Lopes, presidente da Igreja Adventista do Sétimo para a região Sul do Brasil.

Confira o filme “A Mensagem”, que trata sobre a chegada do adventismo ao Brasil

veja também