Motoqueiro se converte e cria clube evangelístico: "Precisamos alertar os perdidos"

James Johnson era viciado em drogas, mas teve seu coração transformado pelo Espírito Santo após frequentar uma escola bíblica.

fonte: Guiame, com informações do site Hello Christian

Atualizado: Segunda-feira, 10 Abril de 2017 as 9:48

O clube quer ministrar e se conectar com muitas outras gangues de motociclistas. (Foto: Reprodução),
O clube quer ministrar e se conectar com muitas outras gangues de motociclistas. (Foto: Reprodução),

O “Disciples Motorcycle Club” não é um grupo de motoqueiros comum. Eles amam Jesus e querem ver o Reino de Deus invadir a comunidade que muitas vezes é marginalizada. Recentemente, um canal do youtube chamado “VICE” realizou um documentário com o grupo abordando como eles realizam os trabalhos de evangelismo.

"Eu sei que neste momento existem homens que estão ao lado de suas motocicletas, em suas garagens, com uma cerveja na mão. Nós precisamos alertar a alma deles. Eles esperam por isso", diz o fundador James Johnson.

Antes de qualquer coisa, o clube de motoqueiros não inicia suas viagens dando tiros para cima ou fumando maconha. Eles oram. "Pai celestial, nós viemos a Ti com alegria e gratidão. Nós te agradecemos muito por este dia onde podemos nos unir em fraternidade, como um no corpo de Cristo, e andar sobre duas rodas".

“Deus é Grande”, os homens cantam antes de subir em suas motos e pegarem a estrada. Com um tiroteio em massa entre gangues rivais em Waco, Texas em 2015, manchando a reputação das comunidades motociclistas, James começou a querer mudar isso pelo poder do Espírito Santo.

Mudança de Vida

Antes de se converter, ele fazia parte de um clube de motoqueiros assassinos. Ele não revela qual. "Voltei e vi essa mistura de experiências que o Senhor me colocou para estar onde estou agora", disse. O ex-usuário de drogas passou a frequentar uma escola bíblica pentecostal e foi aí onde Deus começou a mudar o seu coração.

Mas nem sempre foi fácil. Muitos cristãos criticaram Johnson e sua equipe de motoqueiros. "Temos muitas coisas a dizer sobre nós", disse ele. "Jesus, de muitas maneiras, era um fora da lei. Ele estava fazendo coisas que eram contra-culturais", diz o motociclista Matt Rollison.

Evangelismo

O clube quer ministrar e se conectar com muitas outras gangues de motociclistas, e apresentá-los a Jesus Cristo. "Muita da nossa oração acontece em cima da moto", diz Robert Herring. "Nós ficamos sozinhos na interestadual. Estamos viajando e nos divertindo. É muito espiritual estar lá fora, o vento no seu rosto. Você pode conversar com Deus e tem tanta beleza ao seu redor", ressalta o motoqueiro.

Dustin Rucker é o "Sargento de Oração". No clube da motocicleta, ele descreve muitas das necessidades espirituais dos encontros do clube. "Eu fui diácono de uma igreja durante oito anos. Hoje em dia, é complicado interagir socialmente. Mas, se você olhar para a nossa sociedade moderna há uma tal confusão sobre o que é masculinidade", comenta.

Transformação de Vida

"Este clube era um bando de pessoas que pensavam que não eram ninguém. As pessoas lhes disseram que ano após ano eles eram inúteis”. Um motociclista se levanta para falar ao grupo. "Eu coloquei minha esposa e minha família num inferno. Mas eu não bebo nada há 442 dias". O resto do grupo comemora e louva a Deus, enquanto outros oram pela esposa do homem e seus filhos. "Tornar-se um ‘discípulo’ é ser um marido melhor, um Pai melhor, superar os vícios, a progressão espiritual. Eu quero chegar ao próximo nível", finaliza.

 

veja também