Viciada em drogas se converte após encontrar Bíblia acidentalmente: "Deus me restaurou"

Debs encontrou uma Bíblia no apartamento de um amigo e seus olhos se abriram para a redenção de Cristo.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 22 Fevereiro de 2017 as 9:51

Aos 30 anos, ela se envolveu com um homem mais jovem, que era um viciado em heroína. (Foto: Reprodução).
Aos 30 anos, ela se envolveu com um homem mais jovem, que era um viciado em heroína. (Foto: Reprodução).

Debs, uma ex-viciada em heroína, estava procurando fósforos para se drogar novamente, quando ela avistou algo que nunca tinha lido antes. Era uma Bíblia, que estava na gaveta do apartamento onde ela estava hospedada. Mesmo sob o efeito da droga, ela começou a ler.

"Eu nunca tinha lido a Bíblia antes. Eu percebi que estava enfrentando dificuldades em minha vida, mas que havia um Deus vivo a quem eu poderia pedir ajuda. Ajuda por uma vida que eu mesma destruí”, conta.

Debs cresceu em uma casa de ateus. "Nunca fomos à escola dominical, nunca fomos à igreja. Eu vivi a vida em meus próprios modos, sem qualquer referência a Deus. Passei de um relacionamento desastroso para outro, procurando o amor em todos os lugares errados”, disse.

Aos 30 anos, ela se envolveu com um homem mais jovem, que era um viciado em heroína. “Quando descobri que ele estava usando heroína, em vez de deixá-lo, comecei a fazer uso também”. Esse foi o início de uma provação de 18 meses, enquanto ela tentava repetidamente sair da vida de viciada. "A vida simplesmente foi de mal a pior", contou.

Redenção

Foi quando ela ficou no apartamento de um amigo, vasculhando em algumas gavetas procurando fósforos, que ela se deparou com a Bíblia. Debs percebeu que não podia cometer suicídio. "A vida era um inferno vivo, mas a morte significava encarar esse inferno. Eu estava com muito medo de fazer isso. Eu vi na Bíblia que eu estava em verdadeira dificuldade com um Deus real. Eu não sabia quem era Jesus, mas sabia que tinha que ir a uma igreja”, ressaltou.

Era Sexta-Feira Santa. Ela estava na parte de trás da igreja, pronta para fazer uma “fuga rápida”, quando começaram a ler sobre a crucificação de Jesus, no Evangelho de Mateus.

"Eu apenas solucei. O que eu ouvi foi que Cristo havia morrido na Cruz por mim. Todas as coisas que eu tinha feito, e o castigo que estava vindo para mim, Jesus tinha tomado na Cruz. Eu sabia que era filha de Deus. Eu estava soluçando, apenas soluçando. Saí de lá sabendo que Deus era meu pai”, pontuou.

Isso foi há nove anos. "Deus curou e restaurou todas as áreas que eu tinha destruído sozinha". Debs conseguiu resolver uma dívida que tinha e também teve seus relacionamentos restaurados com a família e amigos, além de sua carreira. “Não posso agradecê-lo o suficiente pelo que Ele fez por mim”, finalizou.

veja também