Leitura da Bíblia poderá diminuir pena de detentos no Amazonas

O projeto “Remição da Pena por Estudo através da Leitura” possibilita a remição de parte da pena por estudo ou trabalho.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 26 Abril de 2016 as 2:57

O objetivo do projeto é oportunizar o direito ao conhecimento, à educação, à cultura e ao desenvolvimento da capacidade crítica. (Foto: Christian Tragni/Folhapress)
O objetivo do projeto é oportunizar o direito ao conhecimento, à educação, à cultura e ao desenvolvimento da capacidade crítica. (Foto: Christian Tragni/Folhapress)

A leitura de alguns livros, incluindo a Bíblia, poderá contribuir com a redução da pena de detentos do sistema prisional do Amazonas.

A iniciativa do governo do estado conta com a parceria da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que irá inserir as Escrituras Sagradas no projeto “Remição da Pena por Estudo através da Leitura”.

Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) e pela Escola de Administração Penitenciária (ESAP), o projeto viabiliza cumprimento da Lei no 12.433, de 29/06/2011, que possibilita a remição de parte da pena por estudo ou trabalho.

O objetivo do projeto é oportunizar o direito ao conhecimento, à educação, à cultura e ao desenvolvimento da capacidade crítica por meio da leitura e da produção de texto, e, por conseguinte, possibilitar a remição pelo estudo.

“Uma das principais contribuições da leitura da Bíblia Sagrada nesta iniciativa é despertar nestes detentos a esperança de um dia retomar suas vidas, a partir de preceitos preciosos, como a ética e o amor ao próximo”, destaca Erní Seibert, secretário de Comunicação, Ação Social e Arrecadação da SBB.

Seibert ressalta que além de o projeto ser um investimento do governo, a ação também está inserida no projeto “Resgatando o Vínculo Familiar do Preso”, do programa “A Bíblia para Fortalecer a Família”.

veja também