Primeira muçulmana a ser eleita ‘miss’ nos EUA se converte ao cristianismo

A conversão de Rima Fakih aconteceu durante os preparos de seu casamento com o produtor musical Wassim Salibi, que é cristão.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 4 Maio de 2016 as 2:30

A libanesa Rima Fakih foi vencedora do concurso Miss EUA 2010. (Foto: Reprodução)
A libanesa Rima Fakih foi vencedora do concurso Miss EUA 2010. (Foto: Reprodução)

A ex-muçulmana Rima Fakih, vencedora do concurso Miss EUA 2010, entregou sua vida a Jesus Cristo no último mês, durante a preparação de seu casamento. Rima, de 30 anos, nasceu no Líbano, mas participou do concurso após ter sido naturalizada como uma norte-americana.

Ela foi considerada a primeira muçulmana a vencer um título de Miss nos Estados Unidos, até Jesus se revelar à jovem. Sua conversão aconteceu durante os preparos de seu casamento com o produtor musical Wassim Salibi, que é cristão.

Fakih foi criada na fé xiita, mas teve seu primeiro contato com o cristianismo quando frequentou uma escola católica durante a infância.

Antes de sua conversão, em entrevista ao site Huffington Post em 2010, Fakih disse que sempre existiu muita flexibilidade em sua família em relação à religião. "Meu cunhado é cristão, ele e minha irmã batizaram seus dois filhos. Eu tenho um tio que se converteu ao cristianismo, ele é um padre agora."

No entanto, quando a jovem entrou em uma universidade nos EUA, seu pai a conduziu a se aprofundar em suas raízes muçulmanas, de acordo com o site Albawaba.

"Quando eu fui para a Universidade de Michigan, onde existem algumas comunidades muçulmanas, meu pai queria que eu aprendesse mais sobre o islã", disse Fakih. "Eu não sabia muito sobre o ramadã e outros feriados, e meu pai queria aproveitar essa oportunidade para eu aprender."

veja também