Produtor do Além do Véu fala sobre técnica e espiritualidade

Produtor do Além do Véu fala sobre técnica e espiritualidade

Atualizado: Sexta-feira, 29 Abril de 2011 as 10:34

Músico, tecladista, programador e arranjador, o Produtor Ruben Morais, 34 anos, iniciou a carreira profissional aos 17 anos!

Esta há 10 anos no mercado, atuando como Produtor Musical, presente em quase 150 CDs Do mercado Gospel e Secular.

Rubinho é experiente em muitos estilos: Pop, Rock, Pop-rock, Black, Pop R&B, R&B, Gospel, Louvor e Adoração, Pentecostal, Infantis, Instrumentais, Romântico, Casamentos, Reggae, Axé, Coral, Duetos ... entre outros. Também executa trabalhos publicitários, como Jingles, trilhas e campanhas publicitárias.

Além de produtor, tecladista e baterista, também é conhecido por resolver os “pepinos” nas produções musicais. É arranjador, programador, diretor musical, especialista em edições/afinações de áudios, engenheiro de mixagem, amante do mundo vitual entre sofwares, plugins, e fã do “Total Recall” que os sistemas digitais e automatizados oferecem.

Trabalha com as plataformas MAC & PC, usando preferencialmente o Cubase – Steinberg como sistema de trabalho, mas usuário do Protools, Logic, Reason, Melodyne e de todos os plugins e Virtual Instruments que estão disponíveis.

Supergospel - Geralmente começamos as entrevistas perguntando como foi seu início no ministério, mas creio que isso já foi respondido exaustivamente. Sendo assim, vamos começar com uma pergunta diferente. Qual é a informação que você gostaria que todos soubessem a seu respeito?

Que sou um Homem de Deus! Casado há 8 anos com a Keila. Pai de duas meninas lindas: Samara e Manuela. Amo a casa do Senhor! Amo a minha casa e minha família. Amo o meu trabalho. Sou extremamente agradecido por tudo o que Deus me dá!

Supergospel - Sua última produção foi o cd Marcado com Sangue, do Ministério Além do Véu. Você já havia trabalhado com a banda no disco anterior deles, Nasci Pra Vencer. Musicalmente falando, quais as principais diferenças entre esses dois trabalho?

Maturidade e responsabilidade! No 1º que produzi (Nasci pra Vencer), que já era o 2º do Ministério, eu consegui captar o que eles queriam e parti para o ataque: Um som congregacional, moderno, simples na essência, mas com muita profundidade.

No Cd “Marcado com Sangue”, tínhamos que subir mais um degrau! Um projeto para uma grande gravadora, Sony Music Gospel, onde a responsabilidade aumentava pois entramos para “mainstream” da musica gospel.

Supergospel - O álbum foi lançado pela Sony Music. Como tem sido o seu relacionamento com a multinacional?

Simplesmente fantástico. Todos lá são extremamente competentes e “acessíveis” (risos). Maurício Soares – Diretor – uma pessoa sincera e transparente, que me orientou em todos os passos para que o CD do Além do véu – Marcado com Sangue - saísse na medida para a empresa.

Supergospel - Você também tem produzido artistas seculares. Existem muitas diferenças entre esses dois ambientes? Poderia citar as principais segundo o seu ponto de vista?

No que se refere ao “ambiente de produção” creio que não há diferenças, pois trata-se de um trabalho profissional, mas há diferenças sobre a mensagem que o artista evangélico ou o secular quer transmitir.

Conheci o Mauricio Manieri durante a produção do CD do Além do véu – Nasci pra vencer. No dia da gravação ao vivo ele se certificou que queria a “vida” que ele ouviu no som que eu estava produzido para o Ministério. Me convidou para trabalharmos juntos e já estamos chegando á 2 anos de parceria. Certifiquei também que se eu não tivesse competência para produzir seus projetos, já estaria fora...(risos)

Supergospel - Infelizmente, na nossa música gospel, as composições vivem enfrentando tendências mercadológicas. Teve um tempo, por exemplo, que a cada 10 músicas tocadas nas rádios, 8 versavam sobre chuva. Você, como produtor, já sentiu a pressão desses movimentos?

Ahh sim! (risos) – Qual o compositor e/ou cantor que não gostaria de ver sua composição entre as mais tocadas? Muitos dão uma sapeada sobre o que está rolando e diz: “esse é o caminho”! Eu procuro entender o contexto do projeto para produzir o trabalho.

Creio que estar antenado sobre o que está rolando, também é positivo. Esses “movimentos” podem atrapalhar a implementação da identidade do artista que quer entrar para o mercado: As pessoas ouvem o trabalho dele e o associa a um outro que já fez. Meu papel, como produtor, é de orientar. O produtor não é o dono da verdade e tem que respeitar as opiniões do “produzido”. É importante que se tenha um tempo para definição do repertório e a “imagem” que se produzirá no trabalho. Graças á Deus, sempre obtive resultados positivos!!!

Supergospel - Um cd é lançado hoje e quase que de forma simultânea, o mesmo já está disponível na internet para download. Isso sem falarmos nos CDs piratas vendidos nas ruas e esquinas da cidade. Como esse “mercado cinza” tem influenciado o Ruben Morais? As gravadoras estariam realizando investimentos mais ousados se não houvesse essa atividade paralela?

Boa Pergunta! Bom, “culturas brasileiras á parte”, já presenciei lançamento “antecipado” na internet, mesmo sem o CD ter chegado da fábrica! Não há punição... Fato recente foi que no dia do lançamento do CD Marcado com Sangue do Além do Véu, no interior de SP, já havia o CD Pirata á venda!! Fiquei assustado... “meu filho já está contaminado”?

O “mercado cinza” pode beneficiar os que, de qualquer forma, sem critérios, mesmo de forma errada, querem obter a divulgação do seu produto. Há relatos de músicas que estouraram por conta do mercado pirata...

Tenho certeza que as gravadoras investiriam ainda mais nos seus artistas se não houvesse essa prática: “os tempos são outros e todos devem estar antenados, buscando alternativas para terem êxito comercial nos projetos”.

Supergospel - Nos seus momentos de lazer, o que você costuma ouvir? Musicalmente falando, o que te influenciou e o que te influencia hoje?

Eu ouço de tudo! Gosto principalmente dos hits. Entro no youtube e quero assitir/ouvir os mais acessados! Gosto das produções gringas pela sonoriade e resultado final! Termino por gostar das coisas com poucos elementos que soam muito mais agradáveis!

Tenho uma grande coleção de CDs dos anos 80 e 90 que curto de montão! Gosto de trilhas de filmes. Observo que sempre há nomes de profissionais que sempre fizeram e continuam fazendo coisas muito boas. Nos últimos 5 anos, o mercado gospel internacional tem ditado muitas tendências e eu também acompanho.

Resumindo, “Ouço de Tudo”, quando me emociono, aí me aprofundo ainda mais! A música e as produções brasileiras têm crescido significativamente em qualidade no quesito “sonoridade” nos últimos tempos! A música brasileira é fantástica e reconheço que ás vezes temos a barreira da nossa língua para a adequação da melodia x letra.

Notável: as coisas mais simples tendem a me emocionar mais!

Supergospel - Se você tivesse que escolher dois conselhos para dar aos produtores do mercado gospel nacional - um na área musical e outra na área espiritual - que conselhos você daria?

Estude sempre! Se você é mais focado num certo estilo, aprofunde-se mais! Faça boas parcerias. Procure ouvir as pessoas. Honre a sua palavra. Seja responsável. Confie no Senhor e busque-o sempre. Faça parte de uma igreja. Ministre na casa do Senhor. Busque ao Senhor em 1º lugar q o sucesso virá!...

Exagerei... Mais de um pra cada área...rsrsr

Supergospel - A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que você acha dessas novas opções de mídia?

Fantásticas!! Hoje você mesmo já pode dar o start na divulgação dos seus trabalhos! O custo para se obter essas opções de mídias é quase 0.

Administre o tempo para o uso desses meios senão não se trabalha...rsrs. Agora, seja coerente no uso dessas ferramentas pois ninguém gosta de ser bombardeados de divulgação, links, vídeos, músicas e afins!

Supergospel - Para encerrar, quais são os seus projetos, o que você espera no ano de 2011 para o seu ministério?

Estou sempre envolvido em trabalhos nos mais diversos meios! Tudo o que faço, faço com amor e competência, buscando a aprovação de Deus e também das pessoas!

Espero que o ano de 2011 seja ainda melhor do que foram os anos passados! Sinto que o melhor de Deus ainda está por vir! Minha meta com meu trabalho é alcançar e abençoar vidas.

Enquanto isso, Salmos33:3: "Cantem-lhe uma nova canção; toquem com HABILIDADE ao aclamá-Lo".

Deus abençoe a todos!

Contatos:

Facebook: Ruben Morais

Twitter: @rubinhomorais

veja também