MENU

Após início ruim, Thiago Ribeiro se firma com goleador do time em 2011

Após início ruim, Thiago Ribeiro se firma com goleador do time em 2011

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 9:58

O atacante Thiago Ribeiro vem se tornando cada vez mais o artilheiro do Cruzeiro na temporada. Com o gol marcado diante do Guaraní-PAR, o primeiro da vitória por 2 a 0, o jogador somou seu décimo tento em 2011. Foi o oitavo gol do jogador nas últimas cinco partidas.     Depois de um início de ano ruim, Thiago foi parar no banco de reservas. Mas ele mesmo soube dar a volta por cima.

- Futebol é assim mesmo. Nos três primeiros jogos não consegui marcar. Contra o Villa e contra o Atlético-MG não atuei bem. E depois disso acabei perdendo o lugar no time, mas mantive a cabeça tranquila. E todas as vezes que entrei em campo correspondi. Espero agora fazer o máximo de gols que eu puder para ajudar o Cruzeiro – declarou.

O jogador foi crítico ao analisar a postura da equipe durante toda a partida e admitiu que o time pecou nas finalizações.

- Não fizemos um bom primeiro tempo. O Fábio fez duas boas defesas que nos salvaram. Conseguimos fazer o gol, mas não entramos ligados na partida. No segundo tempo fomos premiados com o gol no final, mesmo perdendo muitas chances. Mas foi uma excelente vitória, que nos garante o primeiro lugar do grupo. Agora é esquecer um pouco a Libertadores e pensar no Mineiro, pois temos um jogo importante contra o Guarani-MG.

Thiago demonstrou euforia com o triunfo conquistado fora de casa e a classificação como líder do Grupo 7.

- A gente conseguiu o primeiro passo, que era alcançar a classificação em primeiro da chave. Agora é o outro passo que vamos buscar, que é a classificação como primeiro geral para ter vantagens nas próximas fases. Na minha opinião, jogar a segunda partida fora de casa é melhor - afirmou.

Apesar da ótima vantagem no saldo de gols que tem sobre o Estudiantes-ARG, 16 contra um, matematicamente os argentinos ainda podem conquistar o primeiro lugar no grupo. Para isso eles precisam vencer por oito gols ou mais de diferença.      

veja também