MENU

Elano elogia Muricy: "Ele colocou cada um na sua posição"

Elano elogia Muricy: "Ele colocou cada um na sua posição"

Atualizado: Quarta-feira, 27 Abril de 2011 as 1:45

Com quatro vitórias e um empate em cinco jogos pelo Santos, o técnico Muricy Ramalho não conseguiu apenas classificar o time para as oitavas de final da Copa Libertadores da América e as semifinais do Campeonato Paulista. Elogiado quase que diariamente pelos seus jogadores, o treinador parece ter recuperado a confiança do grupo. Por conta disso, Muricy teve o seu trabalho enaltecido, desta vez, pelo meia Elano.

Experiente, o meio-campista, que disputou a última Copa do Mundo pela seleção brasileira, destacou que a metodologia de trabalho do novo comandante tem sido muito bem assimilada pelos atletas do elenco santista.

Para Elano, a principal qualidade de Muricy Ramalho é saber posicionar corretamente cada jogador em sua função. "Estamos no caminho certo. Eu disse para vocês (jornalistas) que não tínhamos um botãozinho e que era importante a chegada de uma pessoa como o Muricy. Ele chegou e mudou as coisas. O Muricy colocou cada um na sua função", disse.

O meia acredita que com a contratação de Muricy Ramalho, o elenco alvinegro passou a se sentir ainda mais motivado para ajudar o clube a conseguir seus objetivos na temporada. "Os meninos que estão fora também querem jogar. Hoje o Santos é completamente diferente. Nós fomos culpados de algumas coisas que aconteceram, só que nos momentos difíceis nos demos a mão e nos reerguemos juntos", comentou.

A melhora de produção da equipe tem deixado Elano tão satisfeito, que o meia nem reclamou do fato de não ter mais feito gols desde que Muricy foi contratado pelo Santos. Para Elano, o importante é que o time voltou a jogar um bom futebol, com segurança, e os resultados voltaram a acontecer.

"Se eu não marcar e o time vencer é o que importa. Cada jogador tem a sua função dentro de campo. Se o coletivo funcionar, a individualidade vai aparecer. Isso é importante. Por isso, até conversei com o presidente (Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro), pois sentíamos muitas coisas indefinidas, em meio a uma reta final de campeonatos. Depois, o Muricy veio, os resultados também e o Santos está numa situação melhor", encerrou.

veja também