MENU

Kelly Slater e brasileiros roubam a cena em WQS prime na Califórnia

Kelly Slater e brasileiros roubam a cena em WQS prime na Califórnia

Atualizado: Quinta-feira, 5 Agosto de 2010 as 4:09

Cercado por fãs, Kelly Slater mal conseguiu dar entrevista depois de sair da água. Nas areias de Huntington Beach, na Califórnia, todas as atenções estão voltadas para ele. A etapa, de nível prime, é a única da divisão de acesso que conta com a presença do eneacampeão do Circuito Mundial. Slater fez o dever de casa e passou à terceira fase, assim como outros favoritos: Jordy Smith, Mick Fanning e Bede Durbidge. Os brasileiros também tiveram uma boa quarta-feira. Jadson André, Adriano de Souza, o Mineirinho, Heitor Alves, Gabriel Medina, Willian Cardoso, Miguel Pupo, Jihad Khodr, Thiago Camarão e Wiggolly Dantas se classificaram.

Rodrigo Dornelles, o Pedra, Diego Rosa, Alejo Muniz e André Silva vão competir nesta quinta.

Slater disputa seu primeiro campeonato desde a campanha em Jeffreys Bay, quarta etapa do Circuito Mundial. Lá, parou na terceira fase e caiu da liderança para a terceira colocação do ranking. Nesta quarta-feira, conseguiu duas notas medianas - 6,67 e 6,87 - e, com 13,54 pontos, superou o paulista Wiggolly Dantas (12,70), o australiano Dayyan Neve (10,40) e o taitiano Alain Riou (5,90).

Entre os brasileiros, Mineirinho é o que conta com maior torcida na Califórnia, onde mora desde o início do ano. E o paulista, quinto do ranking, não decepcionou os fãs. Com direito a um 8,17, venceu sua bateria, contra os australianos Dion Atkison e Jack Perry e o americano Chris Ward.

Vencedor do Mundial de Imbituba, o potiguar Jadson André somou 12,16 pontos em suas duas melhores ondas e ficou à frente do sul-africano Damien Fahrenfort (11,44), do havaiano Sebastian Zietz (10,70) e do pernambucano Bernardo Miranda (10,54).

O cearense Heitor Alves, ex-integrante da elite, teve uma bateria contra dois ídolos do surfe: o americano Rob Machado - vice-mundial em 1995 - e o havaiano Sunny Garcia - campeão do mundo em 2000. Heitor passou em primeiro, com 15,17 pontos, e Rob levou a segunda vaga, com 6,50. Sunny ficou em último (4,16), atrás do australiano Chris Davidson (5,17), surfista que disputa o Mundial deste ano.

Um outro destaque brasileiro foi Miguel Pupo, surfista de 18 anos. Ele venceu um confronto contra dois representantes da elite. O francês Jeremy Flores passou em segundo, e o catarinense Neco Padaratz foi eliminado.

Novo líder do Circuito Mundial, o sul-africano Jordy Smith passou em segundo na bateria vencida pelo havaiano Kiron Jabour, filho de brasileiros. O australiano Mick Fanning, campeão do ano passado, também teve de se contentar com a segunda colocação. Ele foi superado pelo compatriota Nic Muscroft.

Uma das decepções do dia foi a eliminação do havaiano Andy Irons. O tricampeão mundial ficou na lanterna da bateria vencida pelo amigo americano Cory Lopez.

veja também