MENU

Prévia da inflação oficial de agosto fica em -0,05%

Prévia da inflação oficial de agosto fica em -0,05%

Atualizado: Sexta-feira, 20 Agosto de 2010 as 11:06

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) manteve-se em deflação em agosto, com taxa de -0,05%. Em julho, o índice, que é uma prévia do IPCA (usado pelo governo para fixar as metas de inflação), registrou queda de 0,09%, conforme divulgou hoje (20) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com este resultado, o IPCA-15 acumula no ano alta de 3,21%, acima dos 2,95% registrados em igual período do ano passado. Em agosto de 2009, o IPCA-15 ficou em 0,23%.

De acordo com o IBGE, a taxa de agosto deste ano “continuou sendo fortemente influenciada pelos alimentos, cujos preços caíram 0,68% no mês”, destacando-se a batata-inglesa (-22,06%), o tomate (-21,89%), a cebola (-9,26%), o açúcar cristal (-8,10%), e as hortaliças (-8%).

Mesmo com os preços dos alimentos em queda, o item “refeição fora” manteve-se em alta, com reajuste de 0,71%.

Já os produtos não alimentícios subiram 0,14%, pouco acima dos 0,12% de julho. No grupo transportes, houve alta nos preços dos combustíveis: o litro do álcool, que havia caído 3,15% em julho, passou a custar 4,99% a mais, enquanto a gasolina, passou de uma queda de 0,53% para alta de 0,31% em agosto.

Houve queda de preços em todas as regiões pesquisadas. Os resultados mais significativos foram registrados em Belo Horizonte (-1,52%) e Salvador (-1,86%).

A exemplo do IPCA, o IPCA-15 é apurado em Curitiba, Porto Alegre, Goiânia, Belém, Fortaleza, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Salvador e no Rio de Janeiro, tendo como base as famílias com rendimento mensal de 1 a 40 salários mínimos.

veja também